Anadia/AL

8 de dezembro de 2021

RÁDIO ABN NEWS

Anadia/AL, 8 de dezembro de 2021

Bolsonaro diz que Barroso defende pedofilia e volta a ofender Lula (vídeo)

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 10 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
cats kki

(Foto: STF | Alan Santos/PR). 22:04
Em sua escalada retórica desta semana, Jair Bolsonaro atacou o ministro do STF Luís Roberto Barroso, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva num comício depois de uma motociata ao estilo do ditador fascista italiano Benito Mussolini, neste sábado e, Porto Alegre. Disse que Barroso “defende a pedofilia” e voltou a qualificar lula como “aquele de nove dedos” – Lula perdeu o dedo mindinho da mão esquerda em 1964, aos 18 anos, trabalhando na Metalúrgica Independência, localizada na capital paulista; o então torneiro mecânico atuava durante o turno da noite e, por volta das 3h00 da manhã, prensou a mão em uma prensa transversal.

Assista ao vídeo: 

“Quero perguntar ao ministro Barroso, do STF, ministro esse que defende a redução da maioridade para estupro de vulneráveis [no caso para quem sofreu o crime]. Ou seja, é a pedofilia o que ele defende. Ministro que defende o aborto, ministro que defende a liberação das drogas. Com essas bandeiras todas, ele não tinha que estar no Supremo, tinha que estar no parlamento para defender as suas bandeiras”, disse Bolsonaro. 
Ainda durante o evento realizado hoje, Bolsonaro, sem usar máscara de proteção individual contra a covid-19, voltou a mentir sobre fraude no sistema eleitoral.  Em nenhum momento do discurso, Bolsonaro afirmou ter como provar que as urnas eletrônicas não são confiáveis.

O próprio TSE disse ontem, em nota, que convidou o presidente a apresentar os indícios de fraudes nas eleições de 2014 e 2018 — que ele repete em encontros com apoiadores. Segundo o órgão, Bolsonaro não deu respostas.

Bolsonaro também agrediu Lula: “Nós temos tudo para sermos uma grande nação. E isso passa pelo entendimento, pela compreensão e pela garra do seu povo. Se aquele de nove dedos [Lula] tem 60% [dos votos] segundo o Datafolha, vamos fazer o voto impresso”

É o segundo dia consecutivo de ofensas de Bolsonaro contra Barroso. Nesta sexta (10), ele chamou o ministro de “idiota” e “imbecil” e voltou a ameaçar as eleições de 2022.

Fonte: Brasil 247



Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter