Anadia/AL

30 de julho de 2021

Anadia/AL, 30 de julho de 2021

Pamella Holanda, mulher de DJ Ivis, desabafa após agressões: ‘não estou bem, mas estou segura’

Por GyanCarlo

Em 12 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvv
Legenda: Pamella afirma ter quatro anos de relacionamento com DJ Ivis / Foto: Reprodução/Instagram | 08:38
As redes sociais de Pamella Holanda, mulher de DJ Ivis, foram inundadas de mensagens em apoio a ela após a divulgação dos vídeos de agressão do produtor musical. Na manhã desta segunda-feira (12), ela agradeceu as publicações e falou como estão ela e a filha. 

“Eu quero e preciso agradecer todo o apoio que estou recebendo. Dizer que não estou bem, mas que estou segura, eu e minha filha. E dizer que hoje o meu choro é de alívio por ter certeza que Deus está com a gente, que nunca mais vou viver o que vivi e que não mais fingir para ajudar ninguém”, escreveu ela em storie. 

Eu me calei por muito tempo! Eu sofria sozinha com minha filha, sem apoio até dos que se diziam estar ali para ajudar, que eram coniventes e presenciavam tudo calados sem interferir com a desculpa que eu tinha que aguentar calada por que era o ‘jeito dele’, era esse o temperamento dele e que se eu quisesse viver com ele teria que me sujeitar a ser submissa.

PAMELLA HOLANDA
Mulher de DJ Ivis

Pamella Holanda ainda disse sofrer com a violência psicológica de DJ Ivis antes mesmo da filha do casal nascer. “Por mim e por você minha filha, que é mulher. Que sentia junto comigo, antes de nascer, a angústia, o medo. Estamos salvas. Estamos salvas!”.

Pamella Holanda alertou outras mulheres a denunciar casos de violências. “Não se calem! Não se calem Jamais! Eu não vou me calar!”.

AGRESSÕES FÍSICAS

Na ação que pede medida protetiva, Pamella Holanda diz que manteve relacionamento com DJ Ivis por quatro anos. Durante este tempo, ela relatou que sofreu várias agressões físicas e psicológicas por parte do cantor, inclusive durante a gravidez.

Ainda no documento, Pamella Holanda narra que no dia 1° de julho deste ano, após mais uma discussão do casal, este novamente a agrediu fisicamente e desferiu-lhes palavras de baixo calão, deixando-a com diversas lesões pelo corpo, assim como quebrou seu aparelho de celular o jogado diversas vezes contra a parede e o chão.

Publicações de Pamella Holanda em rede social
Legenda: Publicações de Pamella Holanda em rede social
Foto: Reprodução/Instagram

No dia seguinte, na presença da empregada doméstica do casal, este ainda chegou a usar uma faca de cozinha em ameaça à referida vítima, que correu para a casa de vizinhos e conseguiu pedir ajuda policial.

PREFEITURA SOLIDÁRIA À PAMELLA

Na manhã desta segunda-feira (11), o prefeito Sarto Nogueira prestou solidariedade à Pamella Holanda em rede social. “A violência contra a mulher é inadmissível e se torna ainda mais cruel e repugnante na presença de filhos. Minha solidariedade à Pamella Holanda e a todas as mulheres que lamentavelmente sofrem com a violência doméstica. Determinei ao secretário de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Cláudio Pinho, que acompanhe o caso e ofereça assistência”.

A Prefeitura de Fortaleza atua para garantir o apoio necessário às vítimas em casos assim. O Centro de Referência e Atendimento à Mulher em Situação de Violência Francisca Clotilde oferece acolhimento, acompanha e encaminha para serviços da Rede de Atendimento e Enfrentamento à Violência. Funciona na Rua Teles de Sousa, s/n – Couto Fernandes, na Casa da Mulher Brasileira. Tel: (85) 3108-2968. 

Fonte: Diário do Nordeste 
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter