Anadia/AL

29 de julho de 2021

Anadia/AL, 29 de julho de 2021

Bolsonaro espancou a constituição e ganhou cafuné, aponta Sakamoto

Por GyanCarlo

Em 13 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvv
(Foto: sakamoto/juliafleck, Bolsonaro/Reuters) / 07:50

O jornalista Leonardo Sakamoto, em sua coluna no portal UOL publicada nesta terça-feira (13), aponta que “após uma semana em que ameaçou um golpe eleitoral, usou expressões chulas para se referir às investigações da CPI da Covid, xingou o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, incentivou a intimidação do Senado pelas Forças Armadas, soltou seu advogado para atacar uma jornalista, Jair Bolsonaro ganhou um cafezinho do ministro Luiz Fux e nova tentativa de acomodação”. 

O presidente da República espancou a Constituição Federal em praça pública durante dias. Como recompensa, o agressor ganhou uma conversa sobre os últimos acontecimentos com o presidente do Supremo Tribunal Federal, cujo função principal é a defesa da vítima supracitada.

“Fux disse a ele ‘o quão é importante para a democracia brasileira o respeito às instituições’. Acredita que Bolsonaro entendeu. Combinaram uma reunião com os Três Poderes para fixarmos balizas sólidas para a democracia brasileira tendo em vista a estabilidade do nosso regime político’”, escreve o jornalista. 

Segundo constata Sakamoto, “essas balizas já existem. E apanharam impunemente em público de Bolsonaro. Mais uma vez”. 

“Dessa forma, Fux dá continuidade ao trabalho de seu antecessor, Dias Toffoli, que também abandonava o papel de magistrado e guardião da Constituição para assumir o de articulador político”, critica. 

Na visão do jornalista, “o trabalho de destruição das instituições fica mais fácil quando as instituições não demonstram resistência ao algoz. Pelo contrário, convidam-no para um café, mantendo todos em um repetitivo Dia da Marmota”. 

Fonte: Brasil 247 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter