Anadia/AL

8 de dezembro de 2021

RÁDIO ABN NEWS

Anadia/AL, 8 de dezembro de 2021

Bolsonaro culpa PSOL e PT pela cirurgia a que será submetido

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 14 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
cats hh

Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto10/06/2021 (Foto: Reprodução/CNN | Instagram). 18:04
Jair Bolsonaro foi às redes sociais nesta quarta-feira (14) e tentou culpar partidos de oposição pelo seu quadro de saúde. Bolsonaro está internado no Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasília será transferido para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após ser constatado quadro de obstrução intestinal. Bolsonaro deu entrada no hospital alegando sentir soluços há vários dias. A jornalistas, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) disse que a previsão é de que a internação dure três dias.

Numa sequência de tweets em seu perfil, Bolsonaro atribuiu o agravamento de sua condição de saúde a efeitos da suposta facada que sofreu nas eleições de 2018 e pediu oração de apoiadores. 
“Mais um desafio, consequência da tentativa de assassinato promovida por antigo filiado ao PSOL, braço esquerdo do PT, para impedir a vitória de milhões de brasileiros que queriam mudanças para o Brasil. Um atentado cruel não só contra mim, mas contra a nossa democracia”, escreveu Bolsonaro. 

Jair Bolsonaro também citou a pandemia da Covid-19, que já matou mais de 535 mil pessoas no Brasil, a maioria delas em razão das políticas negacionistas do governo federal. 

“Por Deus foi nos dada uma nova oportunidade. Uma oportunidade para enfim colocarmos o Brasil no caminho da prosperidade. E mesmo com todas as adversidades, inclusive uma pandemia que levou muito de nossos irmãos no Brasil e no mundo, continuamos seguindo por este caminho”, afirma. 

O cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo, que operou Bolsonaro em 2018 após a “facada”, foi até Brasília para examiná-lo. Médico da confiança de Bolsonaro, também operou-o já no cargo de presidente. Após uma avaliação preliminar, o cirurgião gástrico decidiu levá-lo para São Paulo, onde serão feitos exames complementares para decidir se Bolsonaro será submetido a uma nova cirurgia ou não.

Fonte: Brasil 247




Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter