Anadia/AL

26 de julho de 2021

Anadia/AL, 26 de julho de 2021

“Me erra. Responda às acusações contra você”, diz Calheiros ao ser acusado de perseguição contra Bolsonaro

Por GyanCarlo

Em 15 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvv
Renan Calheiros / Agência Senado | 08:03

O dia de depoimento na CPI da Covid-19 foi um dia também de embate entre o senador Renan Calheiros e o filho do presidente Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, durante os depoimentos. Flávio acusou o senador alagoano, que é relator da CPI, de perseguir o presidente. 

Flávio disse que a oposição de Bolsonaro cria fake news para acusar o pai de corrupção. “É difícil compreender o nexo”, disse o senador, que citou ainda uma reportagem que diz que o dono da Precisa, Francisco Maximiliano, conversou com um “suposto operador” de Renan Calheiros. 

“Incrivelmente, os grandes veículos de comunicação não dão repercussão. Imagina se fosse alguém ligado ao Bolsonaro? O mundo ia cair”, disse o senador.

Flávio acusou Renan Calheiros de ter um bunker em sua casa, para tentar arrumar alguma conexão entre ele e esquemas de corrupção.

Em seguida, Renan Calheiros pediu a fala na CPI. “Presidente, eu gostaria de pedir desculpas a todos, para ter que responder uma questão absolutamente inverdadeira”, disse o senador.

De acordo com Renan, ele nunca teve um operador na vida. “Quem é acusado de ter operador é Flávio Bolsonaro. Quando ele se dirige a mim, está dirigindo a pessoa errada. Deve estar me confundindo com o Queiroz, o Adriano de Nóbrega”, disse o senador. “Me erra. Responda às acusações contra você”, finalizou o relator.

Fonte: Cada Minuto 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter