Anadia/AL

9 de dezembro de 2021

RÁDIO ABN NEWS

Anadia/AL, 9 de dezembro de 2021

Em busca do time ideal, CSA visita o Operário-PR pela Série B

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 17 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
24-11-2020_CSA_X_Operario_AC_5818.2e16d0ba.fill-1120x650

Por Rafael Reis / Na última vez que se enfrentaram, CSA venceu por 1 a 0 no Rei Pelé – Foto: Ailton Cruz
Sem muito tempo para digerir a derrota para o Goiás dentro de casa, o CSA já tem outro desafio. Neste sábado (17), às 19h, o Azulão enfrenta o Operário-PR, no Estádio Germano Krüger pela 12ª rodada da Série B. No último encontro das equipes em Ponta Grossa, o Fantasma venceu o Azulão, devastado pela Covid, por 3 a 0.

Ney Franco já sabe o que precisa ser mudado e melhorado na equipe. Após a derrota para o Goiás, em sua estreia, por 1 a 0, o treinador elencou pontos positivos e negativos da equipe. Destacou a entrega dos jogadores e a melhora no segundo tempo, mas não gostou dos passes para trás na defesa e da demora da transição para o ataque. Mesmo sem tempo para treinar, poderemos ver alguma mudança na equipe no jogo de hoje. O Azulão é o 13º colocado, com 11 pontos.

O Fantasma chega embalado para o confronto com os alagoanos. Na última rodada, venceu o clássico paranaense contra o Londrina por 2 a 1, fora de casa, engatou a segunda vitória consecutiva e colou no G-4 da competição. É o melhor início de Série B da equipe desde que voltou a disputá-la, em 2019. É o 6º lugar, com 18 pontos.

CSA

Na correria que é o futebol brasileiro, o Azulão só teve duas sessões de treinamentos para se preparar para enfrentar o Operário. Com pouco tempo para treinar, não é de se esperar mudanças muito drásticas na equipe em seu segundo jogo sob o comando de Ney Franco.

Sem divulgar os relacionados para a viagem para o Paraná, um desfalque é certo na equipe. O lateral direito Cristovam ainda se recupera de uma torção no tornozelo esquerdo e ficou em Maceió para o tratamento da lesão. Com isso, Ewerthon continuará como titular da posição. Iury também se recupera de lesão e não viajou.

Ney Franco não deve mudar muito o time que perdeu para o Goiás – Foto: Ailton Cruz

Uma mudança que poderá ser feita é no ataque da equipe. Contra o Goiás, Gabriel jogou como ponta, mas deixou claro, em entrevista após o jogo, que sua posição de preferência é no meio de campo. Ney Franco pode recuar o jogador para o meio no lugar de Renato Cajá ou ousar um pouco mais e escalar Gabriel ao lado de Cajá, com somente um volante de contenção. Neste caso, Gabriel faria o papel de segundo volante e Cajá seria o responsável pela armação e, na frente, Aylon e Yago brigariam pela posição.

O provável CSA é: Thiago Rodrigues, Ewerthon, Matheus Felipe, Lucão, Kevyn; Geovane, Yuri (Yago), Renato Cajá; Gabriel, Marco Túlio e Dellatorre.

OPERÁRIO-PR

Embalado por duas vitórias consecutivas e a proximidade do G-4, o Operário quer um feito que ainda não conseguiu nesta Série B: vencer três jogos seguidos. Mas a façanha não será nada fácil de alcançar.

O técnico Matheus Costa perdeu mais dois jogadores para a partida, desta vez por suspensão. O meia Leandrinho levou o terceiro amarelo, enquanto o lateral esquerdo Fabiano foi expulso contra o Londrina e não vão para o jogo contra o CSA.

Leandrinho está fora contra o CSA – Foto: André Jonsson/Operário-PR

Os dois se juntam ao zagueiro Bonfim, os laterais Alex Silva e Lucas Mendes, o meia Tomas Bastos e os atacantes Jean Carlo, Felipe Garcia, Ricardo Bueno e Paulo Sérgio, todos se recuperando de lesão.

Dois jogadores do elenco podem trazer a famosa Lei do Ex pelo lado do Fantasma. O zagueiro Rodolfo Filemon e o atacante Rodrigo Pimpão defenderam recentemente as cores do Azulão do Mutange.

Com isso, o provável time do Fantasma é: Simão; Fábio Alemão, Rodolfo Filemon, Reniê e Djalma Silva; Leandro Vilela, Pedro Ken (Thomaz) e Marcelo; Rodrigo Pimpão, Schumacher e Rafael Oller.

ARBITRAGEM

A arbitragem da partida será de um trio da Federação Catarinense de Futebol. Diego da Costa Cidral (CBF) comandará as ações do jogo e será auxiliado por Helton Nunes (CBF) e Alexandre de Medeiros Lodetti (CBF). O quarto árbitro será o paranaense João Paulo Romano Queiroz (CBF).

Fonte: Gazeta Web


Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter