Anadia/AL

8 de dezembro de 2021

RÁDIO ABN NEWS

Anadia/AL, 8 de dezembro de 2021

AstraZeneca e Pfizer: Ministério da Saúde mantém intervalo de 12 semanas

Por GyanCarlo

Em 20 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvv

Ministério da Saúde mantém intervalo de três meses de doses da Pfizer e AstraZeneca (foto: Walterson Rosa/MS)

Decisão de manter o intervalo de três meses entre as doses das vacinas contra a COVID-19 foi tomada após reunião do grupo técnico que assessora o PNI

O Ministério da Saúde decidiu, nesta terça-feira (20/7), manter a recomendação de intervalo de três meses entre a primeira e a segunda doses das vacinas contra a COVID-19 AstraZeneca e Pfizer.

A decisão foi tomada após reunião do grupo técnico que assessora o Programa Nacional de Imunizações (PNI). As informações são da Folha de S.Paulo.

A definição veio depois que diferentes estados anunciarem a antecipação das segundas doses das vacinas – em especial, da AstraZeneca.

A justificativa desses estados para a antecipação do calendário é o aumento da proteção da população contra novas variantes do novo coronavírus.

A maior preocupação recai sobre a cepa Delta, identificada inicialmente na Índia e que já é registrada em vários locais do Brasil, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro.

A Fiocruz recomendou, há poucos dias, a manutenção do período de três meses entre as duas doses da AstraZeneca, vacina da qual tem participação em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra.
A decisão deve constar de documento técnico a ser enviado aos estados e municípios nos próximos dias.
Fonte: Estado de Minas
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter