Anadia/AL

3 de agosto de 2021

Anadia/AL, 3 de agosto de 2021

Chanceler omitiu da CPI reuniões paralelas de Ernesto Araújo e Filipe Martins em Israel

Por GyanCarlo

Em 20 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvv

Ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França, e uma comitiva do governo brasileiro em Israel (Foto: Reprodução -Twitter / Gabriel Albuquerque - MRE)

O ministro de Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França, omitiu de integrantes da CPI da Covid reuniões que ocorreram em Israel. A comitiva, na qual estava o então chanceler Ernesto Araújo, contou com a presença ainda de outros membros do governo como Eduardo Bolsonaro e Filipe Martins, assessor especial da Presidência da República

O ministro de Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França, omitiu de integrantes da CPI da Covid duas reuniões que ocorreram em Israel, em março deste ano, durante uma nebulosa visita ao Estado Judeu, que tinha como justificativa oficial conhecer um spray nasal supostamente eficaz no tratamento da Covid-19, mas que jamais foi homologado e destinado a esse fim.

A comitiva, na qual estava o então chanceler brasileiro Ernesto Araújo, contou com a presença ainda de Eduardo Bolsonaro (filho do presidente), Filipe Martins (assessor especial da Presidência da República), Fábio Wajngarten (ex-secretário de comunicação do Planalto) e de Max Moura, um guarda-costas pessoal de Jair Bolsonaro, e despertou desconfiança desde os primeiros momentos após seu anúncio (leia a íntegra na Revista Forum).

Fonte: Brasil 247

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter