Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

Manifestantes incendeiam estátua de Borba Gato; saiba quem era o bandeirante

Por GyanCarlo

Em 24 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvvv

Em ato contra o presidente Jair Bolsonaro, manifestante colocaram fogo na estátua do bandeirante; ação virou polêmica nas redes sociais | Thays Martins

Em ato contra o presidente Jair Bolsonaro, neste sábado (24/7), manifestantes incendiaram uma estátua do bandeirante Borba Gato, na Avenida Santo Amaro, em São Paulo. A ação foi assumida pelo grupo Revolução Periférica, que publicou um vídeo do ato nas redes sociais.  A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo disse que investiga o ato. 

A ação causou controvérsia nas redes sociais. Para alguns, o ato foi considerado vandalismo, para outros um ataque a uma simbologia de opressão.

Mas afinal, quem foi Borba Gato?

O bandeirante paulista Manuel de Borba Gato foi juiz ordinário da vila de Sabará. Ele é comumente lembrado por promover escravidão e caça a indígenas e negros pelo país.

A estátua em homenagem a ele foi inaugurada em 1963. Ela tem 13 metros de altura e é do artista Julio Guerra (1912- 2001).

Não é de hoje que grupos pedem a retirada do monumento. na internet, existem várias petições requerendo o feito. “Borba Gato, bandeirante, foi um escravocrata responsável pela morte de povos indígenas durante a interiorização do território brasileiro. Hoje, a estátua Borba Gato, situada no bairro de nome homônimo, no distrito de Santo Amaro, presta homenagem à sua biografia genocida”, diz em uma delas.

o movimento pela retirada de símbolos escravocratas ganhou força durante as manifestações pela morte de George Floyd, nos Estados Unidos, em 2020. Nos atos, os manifestantes decapitaram estátuas de vários figuras ligadas a escravidão no país.

Fonte: Correio Braziliense

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter