Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

Em entrevista, Joice Hasselmann afirma sobre agressão que sofreu: “Vou processar um por um”

Por GyanCarlo

Em 25 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvvv

Joice Hasselmann e marido, Daniel França (Foto: Reprodução/CNN Brasil)

Em entrevista ao vivo na CNN Brasil nesta tarde de domingo, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou que vai processar pessoas que falaram sobre a agressão sofrida por ela no último fim de semana. “(Vou processar) homem, mulher, famoso, artista. Não vou permitir quem manchem a honra do meu marido e minha”, disse.

Daniel França contou que não levou a esposa imediatamente ao pronto socorro por ser médico, e supôs que ela teria caído acidentalmente em casa. “Tomei as atitudes, não saí de perto dela”.

A deputada federal rejeitou a hipótese de ter sido agredida pelo marido. As teorias começaram a surgir após a parlamentar revelar que sofreu diversas fraturas e não tem lembranças do ocorrido. Durante a entrevista, ela disse que acusações também vinham de “mulheres extremistas”.

A parlamentar é casada com Daniel França, neurocirurgião. Ela acredita que as acusações contra ele são uma tentativa de fazer uma “cortina de fumaça”. Segundo Joice, o marido é um homem gentil e nunca agrediria ninguém.

“O meu marido é o tipo de homem que puxa a cadeira para eu me sentar, abre a porta do carro e me espera na porta de casa com uma taça de champanhe. Ele é um príncipe, incapaz de dar um tapinha no meu gato para assustá-lo”, disse.

Segundo Joice Hasselmann, Daniel foi quem a socorreu após o ocorrido. Ele costuma passar os finais de semana em Brasília e os dois estavam na mesma casa, mas em quartos separados, porque o marido tem problemas com ronco.

Entenda a agressão a Joice Hasselmann

Na última quinta-feira (22), a deputada federal contou que “foi vítima de um atentado” no domingo (18). Ela estava em seu apartamento, em Brasília, e disse ter acordado em meio a uma poça de sangue no chão de seu closet, com cinco fraturas no rosto e uma na costela. Estava ainda com um dente quebrado e queixo cortado.

“Vim para o quarto com o meu marido depois de jantar, ele sempre dorme em outro quarto porque ronca muito. Tomei meu remedinho, que leva uns 20 minutos pra fazer efeito, deitei na cama e a última coisa que me lembro foi isso”, explicou.

A parlamentar achou que poderia ter sido um desmaio, mas após constatar múltiplas fraturas na face e nas costelas, ela começou a trabalhar a hipótese de um atentado. Quem prestou o primeiro socorro foi o marido, após a deputada ligar para ele às 7h03 da manhã.

Medicada para a dor, Joice foi reparar os dentes no dia seguinte. “Fiz os primeiros exames com os dentistas, eles disseram ‘alguém pode até ter chutado seu rosto'”, contou.

A deputada falou por duas horas com com o Ministério Público sobre o caso e citou nomes de dois possíveis suspeitos, que estão sob sigilo. O médico Daniel França prestou depoimento para a Depol no sábado (24) e disse que não ouviu nada naquela noite.

Fonte: Yahoo Finança

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter