Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

Prefeitura confirma que fardos encontrados em Coruripe são látex de navio nazista

Por Cleysson Carlos

Em 27 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
WhatsApp_Image_2021-07-26_at_17.4.2e16d0ba.fill-1120x650

Pesquisadores informaram que as caixas de borracha pertenciam a um navio alemão

Equipes prometem voltar à costa para recolher os materiais que restaram e averiguar se mais algum estava na areia

Os fardos que apareceram ao longo do fim de semana, na Praia da Pituba, Ponta de Asa e Miaí de Baixo, no município de Coruripe, são da mesma origem dos que surgiram lá em 2018, no Litoral Alagoano. A conclusão é da Secretaria de Meio Ambiente do município, após análise feita nessa segunda-feira (26).

Na manhã desta terça-feira (27), equipes da prefeitura prometem voltar à costa para recolher os materiais que restaram e averiguar se mais alguns estavam na areia. Uma parte já havia sido recolhida, mas os trabalhos tiveram que ser interrompidos por causa do aumento da maré.

Como se trata de látex, a destinação final será a Central de Resíduos Sólidos (CTR) do município do Pilar, local para onde é levado o lixo de Coruripe. Lá, será descartado.

De acordo com levantamento feito, à época, por pesquisadores do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará (UFC), os fardos eram de um navio nazista, que naufragou no litoral nordestino, em 1944. A descoberta se deu enquanto estava sendo investigada a origem das manchas de óleo nas praias do Nordeste.

Estas caixas também foram vistas na Praia do Mirante da Sereia, em Maceió, e na Praia do Francês, em Marechal Deodoro.

O Ibama [Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis] ainda recolheu materiais semelhantes em praias nos municípios de Barra de Santo Antônio, Japaratinga e Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas.

Fonte: Gazeta Web

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter