Anadia/AL

16 de setembro de 2021

Anadia/AL, 16 de setembro de 2021

PM é preso por tentativa de estupro após chamar garoto de 12 anos para ir ao motel

Por GyanCarlo

Em 3 de agosto de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvv

Foto: Reprodução

Caso aconteceu em Goiás | Pai se passou pelo menino para armar emboscada contra suspeito | Militar já teria se aproximado da vítima antes

Após trocar mensagens e convidar menor de idade para o motel, um policial militar de 59 anos foi preso suspeito de tentar estuprar o adolescente de 12 anos. O caso aconteceu em Rio Verde, no sudoeste de Goiás.

A Polícia Civil informou que o agente o menino se conheceram em um clube da cidade. O PM foi detido quando o pai da vítima foi ao local combinado para o encontro dos dois.

A Polícia Militar informou que ele foi afastado das atividades.

Na ocorrência, foi relatado que o adolescente estava com o primo de 18 anos no clube, que percebeu o comportamento suspeito do policial. O agente abordou o mais velho no vestiário e disse que queria ficar com ele. De acordo com a ocorrência, ele pegou o telefone do militar “com o intuito de saber qual era a intenção dele” com o primo.

A partir desse dia, o adolescente e o policial começaram a trocar mensagens. Nos prints entregues à investigação, o agente fala que quer levar ambos ao motel e que eles iriam “gostar”. Ele chegou a pedir uma foto dos primos, e perguntou se o mais jovem também iria.

“Já foram ao motel alguma vez? Vocês vão gostar”, escreveu o PM.

Troca de mensagens com o primo da vítima. Foto: Polícia Civil
Troca de mensagens com o primo da vítima. Foto: Polícia Civil

O homem foi preso na noite do último domingo (1), em um posto de gasolina da cidade. A denúncia contra ele foi feita pelos pais, após terem acesso às mensagens.

O pai do adolescente teria pego o contato do militar e começou a trocar mensagens com ele, se passando pelo filho, e marcou o encontro.

Na conversa, o PM, que acreditava estar falando com o menino, o chama de “guri bonito”, pergunta onde ele mora e se está sozinho, pois queria sair só com ele. Ele ainda pediu que as mensagens fossem apagadas.

A Polícia Civil informou que, ao chegar ao local do encontro, o militar enviou uma mensagem informando onde estava e o veículo que conduzia. Foi nesse momento que o pai do garoto chegou, imobilizou o suspeito e esperou a chegada da Polícia.

Pai se passa por filho para falar com suspeito. Foto: Polícia Civil
Pai se passa por filho para falar com suspeito. Foto: Polícia Civil

O PM foi preso em flagrante e teve o celular apreendido. Ele pode responder por tentativa de estupro de vulnerável e importunação sexual.

Esta, porém, não foi a primeira vez que o militar tentou se aproximar do adolescente. De acordo com a mãe do garoto, ele já havia tentado contato em maio deste ano. O suspeito teria se aproximado do garoto em uma piscina no clube da cidade e tocado as partes íntimas dele.

A mãe conta que achou o comportamento estranho e chamou o garoto para fora da água. Ele relatou o que aconteceu, mas ela não informou se o ocorrido foi registrado.

Após a detenção, o militar foi levado à Corregedoria da Polícia Militar e seguia preso até a tarde desta segunda-feira (2) no Presídio Militar de Goiânia.

Em nota, a Polícia Militar de Goiás afirmou que abriu um Procedimento Administrativo Disciplinar para apurar os fatos e que não compactua com qualquer desvio de conduta praticado por seus membros e que o “caso será apurado com o rigor devido”.

Fonte: Yahoo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter