Anadia/AL

28 de setembro de 2021

Anadia/AL, 28 de setembro de 2021

Menina de 12 anos denuncia abuso sexual pelas redes sociais; suspeito é membro da igreja católica

Por Cleysson Carlos

Em 4 de agosto de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
201709061538_1af2904e23.2e16d0ba.fill-1120x650_Oik9I2W

Fato aconteceu em Quebrangulo

Com a prisão do acusado, a igreja católica da cidade emitiu nota, lamentando o corrido; fato aconteceu em Quebrangulo

Uma menor de 12 anos denunciou, por meio das redes sociais, que foi vítima de um abuso sexual no ano de 2019, no município de Quebrângulo, no interior de Alagoas. Outra criança também teria sido abusada sexualmente. O suspeito, por sua vez, é membro da igreja católica da cidade e foi preso nessa segunda-feira (2).

Os familiares das menores só tomaram conhecimento do fato após uma das vítimas, que, à época, tinha apenas 10 anos de idade, postar um vídeo na rede social Tik Tok contando sobre o fato. Já a outra menor tinha tinha 8 anos, quando o crime aconteceu.

Parentes das crianças, no entanto, afirmam que, com base no depoimento das vítimas e exames, não houve penetração e elas não tiveram a virgindade violada. O caso segue sendo investigado e em segredo de Justiça.

Com a prisão do acusado, de 45 anos de idade, a igreja católica da cidade emitiu nota, lamentando o corrido.

“Com grande e inesperada surpresa, todos fomos surpreendidos pelos recentes acontecimentos que nos causam muita tristeza. Como comunidade de fé, somos solidários a ambas as partes envolvidas neste processo. Seja da parte demandante, seja da parte demandada, este é um momento não só de bastante embaraço, mas também de dano traumático na vida de cada um dos envolvidos e de suas famílias. Confiamos na Justiça, que caminha de forma determinada para elucidar os fatos. Logo, não nos antecipemos em juízo. Como colaboradores da verdade, buscamos forças em Deus para passar por este momento com firme esperança’’, diz a nota.

O suposto agressor trabalha na administração da igreja católica da cidade há anos e foi preso quando saía da igreja.

Fonte: Gazeta Web

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter