Anadia/AL

23 de setembro de 2021

Anadia/AL, 23 de setembro de 2021

Palmeiras conclui projeto de reforma do CT e construção de hotel para a base; veja as fotos

Por GyanCarlo

Em 4 de agosto de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvvv

Projeto do novo CT da base do Palmeiras, em Guarulhos (SP) — Foto: Divulgação | Thiago Ferri

Clube está tirando as licenças necessárias para que a obra comece - provavelmente em 2022

Antes da pandemia de Covid-19, a expectativa era de que a reforma começasse ainda em 2020, mas os planos tiveram de mudar. Até por conta do impacto nas receitas durante esse período, a atual diretoria vai deixar toda a parte burocrática pronta para que a próxima gestão dê sequência à modernização do CT das categorias de base.

– O Palmeiras precisa deste legado. Evoluímos em muitas coisas na base, a gente acabou fazendo uma coisa que não era comum, que é o aproveitamento desses meninos na equipe profissional, com resultados fabulosos. Hoje temos muitos jogadores da base no elenco, um momento muito particular. Fruto de um trabalho, de um investimento feito. E o legado é algo para um futuro mais forte ainda, o futebol a cada dia que passa tem essa necessidade de olhar para a base. A visão de entregar isso pronto para os próximos passos, ficamos muito felizes. É um legado para o Palmeiras – afirmou Paulo Buosi, primeiro vice-presidente do clube.

– Desde o início do primeiro mandato do presidente Galiotte a preocupação com a base foi um foco. Com investimento maior, tanto na questão de estrutura, qualificação dos profissionais, um coordenador técnico especializado em formação, número maior de viagens internacionais… tudo isto trouxe como resultado um grande número de títulos e atletas convocados para as seleções de base. A gente sente a necessidade de ter um Centro de Formação para dar continuidade a este trabalho. Neste ano vamos entregar o projeto executivo pronto da construção da parte de hotelaria, estrutura de alojamento, centro de refeições para que isto continue, este investimento nas categorias de base continue e estamos com todo o processo de certificações e licenças. Ainda não estão completamente prontas, mas estamos com o caminho bem andado em relação a isso – acrescentou.

Projeto do novo CT da base do Palmeiras, em Guarulhos (SP) — Foto: Divulgação

O projeto executivo, onde constam todas as informações técnicas para o início da obra, já está aprovado no clube. Entre as melhorias contempladas no novo centro de treinamentos estão:

  • Hotel com 132 ocupações, com quartos para duas e quatro pessoas;
  • Miniestádio com arquibancada para 2 mil lugares, nova estrutura de vestiários, cabine de transmissões e futuramente instalação de refletores;
  • Piscina aquecida para tratamento dos jogadores, nova área de alimentação e de lazer;

O Verdão conseguirá a partir da reforma no CT de Guarulhos integrar a rotina dos atletas de base, entre sub-14 e sub-20, em um único local. Hoje, os garotos dessas categorias vivem em hotéis na Barra Funda, bairro onde fica a sede social e o refeitório em que almoçam. De lá eles seguem no ônibus do clube para o local de treinos.

– Vamos entregar algo do tamanho do Palmeiras. Hoje os garotos dormem em um local, vão ao refeitório e depois há o deslocamento para o treino, o que pode levar até duas horas. Com o novo centro vamos ganhar em descanso e na preparação, necessário para continuar revelando e obtendo bons resultados – resumiu João Paulo Sampaio, coordenador das categorias de base do clube e um dos principais responsáveis pela reformulação do setor.

Projeto do novo CT da base do Palmeiras, em Guarulhos (SP) — Foto: Divulgação

           Projeto do novo CT da base do Palmeiras, em Guarulhos (SP) — Foto: Divulgação

– O clube se tornou um formador com um trabalho ao longo dos últimos anos e com esse passo vai deixar um legado para continuar assim pelo restante da história. Vai ter a estrutura para continuar revelando, e com um cartão postal do tamanho que o Palmeiras merece, já que o CT é na entrada da cidade de São Paulo. Dar parabéns ao presidente Galiotte, que confia no trabalho e teve grande participação no projeto – completou.

O Verdão iniciou a reformulação em sua categoria de base há oito anos, mas o investimento no departamento cresceu a partir do início da gestão de Maurício Galiotte. Entre 2017 e 2019, foram R$ 90 milhões aplicados no desenvolvimento das categorias amadoras, entre melhorias de estrutura e capacitação de profissionais – um aumento de 50% em relação ao triênio anterior.

O resultado veio em títulos, que foram só aumentando entre o sub-11 e sub-20: dos 16 em 2017, passou a 23 em 2018 e chegou a 34 em 2019. A temporada de 2020 foi encurtada por conta da pandemia, mas o Verdão conquistou mais seis campeonatos. Entre 2017 e 2021, as categorias de base da seleção brasileira convocaram 88 vezes atletas palmeirenses, também.

Mesmo com o novo CT, a ideia é manter o intercâmbio entre base e profissional, com alguns treinos de categorias inferiores (especialmente sub-17 e sub-20) ainda acontecendo na Academia de Futebol.

A integração fez o time de cima relacionar 31 atletas diferentes formados no clube ao longo da última temporada e lançar 13 deles – recorde no século. Na atual temporada, foram 27 convocados, sendo que 20 atuaram e sete deles estrearam.

Do atual elenco à disposição de Abel Ferreira, há seis atletas formados no clube e promovidos a partir de 2019: Renan, Danilo, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Gabriel Veron e Wesley. Vinicius Silvestre e Victor Luis também são crias da base, mas subiram antes – ambos em 2013.

Fonte: GE

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter