Anadia/AL

16 de setembro de 2021

Anadia/AL, 16 de setembro de 2021

Gabriel Medina perderá etapa do Mundial de Surfe por não ter se vacinado contra Covid-19

Por Cleysson Carlos

Em 5 de agosto de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
gabriel-medina

Gabriel Medina (Foto: Reprodução/Instagram)

Surfista, que busca o tricampeonato, não poderá ir para Teahupoo, na Polinésia Francesa, onde a vacina é obrigatória para entrar no país

Gabriel Medina ficará de fora da última etapa do Mundial de Surfe (WCT), que acontecerá em Teahupoo, na Polinésia Francesa, entre os dias 24 de agosto e 3 de setembro, por não ter tomado a vacina contra a Covid-19, que é exigida para entrar no país. O surfista falou do assunto nesta quarta-feira (4), durante uma live em seu canal na Twitch.

“Eu não vou para Teahupoo porque não tomei a vacina. Aí, teria que fazer 10 dias de quarentena, não dá tempo de ir do México, que é uma seguida da outra. Aí, vou ser obrigado a não ir. Sacanagem, mas de boa”, disse ele, que estará em Barra de la Cruz, no México, de 10 a 19 de agosto.

Medina, que voltou recentemente da Olimpíada de Tóquio sem medalha, garantiu que isso não deve prejudicá-lo na disputa pelo Mundial, que está liderando. “Eu posso descartar uma etapa, então está de boa”, explicou.

Vale lembrar que durante as Olimpíadas, por ser membro da delegação brasileira, Medina tinha a sua disposição a vacina, já que o Comitê Olímpico Internacional (COI) disponibilizou doses — mas não exigiu obrigatoriedade — para que todos os atletas fossem vacinados antes de competirem em Tóquio.

 

Fonte: Alagoas 24 horas

 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter