Anadia/AL

28 de setembro de 2021

Anadia/AL, 28 de setembro de 2021

Alagoas deve receber a primeira fábrica de motores do Nordeste e gerar 258 empregos diretos

Por Cleysson Carlos

Em 13 de agosto de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
cats

Fonte de Imagem: Jonathan Lins

Investir é de cerca de R$ 170 milhões

O governador Renan Filho e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão, se reuniram na tarde da quinta-feira (12) com representantes da empresa Mercosul Motores Elétricos, que pretende se instalar em Alagoas ainda este ano, com investimentos previstos de R$ 170 milhões.

A empresa deve começar a instalação no estado no próximo mês de outubro e, quando estiver em funcionamento, vai gerar 258 empregos diretos.

De acordo com Renan Filho a chegada da Mercosul Motores é a demonstração clara de que o Estado de Alagoas está preparado para receber investimentos em todos os segmentos.

“Esse segmento de motores elétricos é um segmento que o estado tem interesse em incentivar porque é uma indústria limpa, que substitui o uso de combustíveis fósseis e que tem muitas chances de, em um futuro próximo, se transformar numa das principais vertentes de motores para a indústria automobilística”, destacou Renan Filho.

O governador lembrou, ainda, que o Estado  se preparou estrategicamente para atrair esses tipos de investimentos e está muito feliz em atrair a Mercosul Motores Elétricos – segunda maior indústria do segmento de motores elétricos no Brasil.

Para o secretário da Sedetur, Marcius Beltrão, a instalação de uma fábrica de motores elétricos traz emprego e renda para a população alagoana e dialoga com a sustentabilidade que muitos exigem em um momento de mudanças climáticas.

“Desde o primeiro ano de mandato, o governador Renan Filho vem trabalhando com muita seriedade na captação de investimentos para a geração de emprego e renda para a população alagoana, e a Mercosul é uma empresa grande no setor que traz para Alagoas uma meta, que é a fabricação de motores elétricos para veículos, uma nova dinâmica diante de todas as questões climáticas que o mundo está vivendo”, destaca Marcius Beltrão.

 

Fonte: Alagoas Web

 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter