Anadia/AL

23 de setembro de 2021

Anadia/AL, 23 de setembro de 2021

Veja momento em que médica alvo de operação xinga policiais: “Vão se f***”

Por GyanCarlo

Em 19 de agosto de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
VVV

Reprodução / Mariana Zylberkan

Durante mandado de busca e apreensão em residência de Limeira (SP), médica xingou equipe de policiais e chegou a dar um tapa em delegada

A médica Cinthya Cristina Telles, de 42 anos, xingou policiais e chegou a dar um tapa na delegada Ivalda Alexo que cumpria um mandado de busca e apreensão na cidade de Limeira, no interior de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (18).
Ao perceber a invasão da polícia em sua residência, a médica começou a gritar contra os agentes, como mostra o vídeo produzido pela própria equipe que participou da operação.
“Vocês são bandidos?”, perguntou, em tom agressivo, logo que a equipe entrou dentro da sala da casa.

De frente para a delegada, a médica prosseguiu: “Vai apontar arma na p*** que te p****! É isso mesmo! Você acha que tenho medo de cara feia? Vão se f****!”.

A delegada então sinalizou para a equipe seguir vasculhando a casa: “Gente, vamos lá, vamos lá!”

E, no instante em que a delegada deu a ordem, a médica deu um tapa no ombro da delegada.

Ela foi presa por resistência, desacato e desobediência a ordem judicial.

Operação Ethon

O mandado de busca e apreensão, que resultou na prisão da médica, fazia parte da Operação Ethon, realizada pelo MP para investigar supostos desvios de verbas públicas que deveriam ser empregadas no combate à pandemia.

De acordo com a investigação do MP, Cinthya Christina Telles aparece como sócia da IMAS – uma das empresas investigadas por participação em esquema de fraude e superfaturamento em negociações com o Instituto de Gestão Estratégica da Saúde do Distrito Federal.

Fonte: Metrópoles

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter