Anadia/AL

23 de setembro de 2021

Anadia/AL, 23 de setembro de 2021

“Combustível caro é culpa do Bolsonaro”, diz Deyvid Bacelar, da FUP

Por GyanCarlo

Em 28 de agosto de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvv

Deyvid Bacelar (Foto: ABr | Reprodução)

A gasolina chega a custar R$ 7 porque “a gestão da Petrobrás, ou seja, o governo, se utiliza do preço de paridade de importação. É atrelar o preço dos combustíveis ao preço do barril de petróleo do mercado internacional, ao dólar, mesmo o Brasil sendo autossuficiente em petróleo”, explicou o sindicalista à TV 247. Assista

 coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar disse à TV 247 que o preço do combustível no Brasil, onde o litro da gasolina já chega a custar R$7, é culpa de Jair Bolsonaro e de sua política econômica.

“Se está caro, a culpa é do Bolsonaro. Quando ele mente nas suas lives dizendo que a culpa é dos governadores, por conta do ICMS, nós precisamos explicar à população que tem estados em que o ICMS está congelado há mais de dez anos. Como o presidente da República mente descaradamente!”, falou Bacelar.

O sindicalista seguiu desmentindo Bolsonaro e escancarando a responsabilidade da política econômica do atual governo no cenário de alto custo dos combustíveis: “ele disse que a gasolina sai das refinarias da Petrobrás a R$ 1,95, que a culpa é do governador. Mentiroso! A gasolina, hoje, sai das refinarias da Petrobrás a R$ 2,78. Ou seja, 33% daquilo que chega lá na bomba, desse preço exorbitante de R$ 7, é realização da Petrobrás. E por que faz isso? Porque a gestão da Petrobrás, ou seja, o governo Bolsonaro, que é acionista controlador da Petrobrás, se utiliza do preço de paridade de importação. Que bicho é esse? É atrelar o preço dos combustíveis ao preço do barril de petróleo do mercado internacional, ao dólar e ao custo de importação, mesmo o Brasil sendo autossuficiente em petróleo, com custos nacionais muito mais baixos, mesmo tendo refinarias para refinar esse petróleo”.

Fonte: Brasil 247

 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter