A informação do valor foi obtida pela coluna de Carla Araújo, do Uol, por meio da Lei de Acesso à Informação. Os R$ 5 milhões foram gastos em peças publicitárias e em suas divulgações entre os dias 3 e 10 de agosto. De acordo com o governo, “não há previsão de continuidade” da campanha.

Fonte: IG