Anadia/AL

20 de setembro de 2021

Anadia/AL, 20 de setembro de 2021

CRB recebe o Cruzeiro para manter invencibilidade no confronto pela Série B

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 29 de agosto de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
08-12-2020_CRB_X_Cruzeiro_AC_6374.2e16d0ba.fill-1120x700

Ailton Cruz

Por Rafael Reis / Última derrota para a Raposa foi em 2006, pela Copa do Brasil; jogo será neste domingo (29), às 16h, no Rei Pelé

Após a vitória chorada sobre o Remo, na última rodada, o CRB volta a campo neste domingo (29), às 16h, para enfrentar o Cruzeiro, no Rei Pelé. Para se manter no G-4 ao fim da 21ª rodada da Série B, o Galo precisa somente de um empate. Em caso de derrota, precisa torcer contra o Náutico, que joga no mesmo horário, contra o Vitória. Se vencer por três ou mais gols de diferença, assume a liderança da Série B.

Depois de uma partida desgastante contra o Remo, em Belém, o CRB teve a semana cheia para se preparar para enfrentar os mineiros. Algo muito raro dado o calendário mais do que corrido da CBF. Novidade desde a rodada passada, o VAR foi o personagem principal da partida em Belém. Com dois pênaltis marcados, o Galo venceu, por 2 a 1, e retomou a vice-liderança, com 36 pontos.

Desde a chegada de Vanderlei Luxemburgo, o Cruzeiro não sabe o que é perder. Já são cinco jogos de invencibilidade sob o comando do experiente treinador, em uma série de sete jogos sem perder desde antes de sua chegada. Na última rodada, vitória sobre o Confiança, por 1 a 0, no Mineirão. Com 24 pontos, é o 14º colocado.

CRB

O momento que todo treinador pede chegou ao Galo. Depois de vencer o Remo, Allan Aal teve uma semana cheia para descansar e preparar o time para pegar a Raposa. É a primeira vez em mais de um mês que o time regatiano tem esse tempo livre, já que a última vez aconteceu entre os dias 6 e 13 de julho.

Nesse período, Aal teve uma boa notícia. Marthã, que ficou de fora das duas últimas rodadas, se recuperou de lesão, iniciou a transição para o campo e deve estar à disposição. Quem também está de volta é o meia Diego Torres, que foi liberado do jogo contra o Operário e poupado contra o Remo, e deve recuperar sua posição entre os titulares.

Diego Torres volta ao time titular contra o Cruzeiro – Foto: Divulgação/CRB

Quem continua de fora da equipe são os zagueiros Diego Ivo e Victor Ramos, que se recuperam de lesão no joelho. Ivo, que se machucou no início da temporada, já iniciou o processo de transição para o campo e fortalecimento muscular, enquanto Ramos continua no DM. O atacante Nicolas Careca também fica de fora, por uma torção no tornozelo esquerdo.

O provável time do CRB é: Diogo Silva, Reginaldo, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Marthã, Jean Patrick e Diego Torres; Jajá, Pablo Dyego e Júnior Brandão.

CRUZEIRO

Enquanto o Regatas persegue o líder Coritiba, o Cruzeiro continua seu processo de recuperação na tabela. Já são sete jogos sem derrota, cinco com Luxemburgo à beira de campo. O experiente treinador conseguiu estancar a sangria na defesa e melhorar o rendimento no ataque. O time não sofreu gols nas últimas duas rodadas e o ataque marcou sete vezes nos cinco jogos.

Luxemburgo conseguiu arrumar defesa e ataque do Cruzeiro – Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Na viagem para Maceió, Luxa terá alguns problemas para montar os onze iniciais. São sete desfalques no total. O principal é o atacante Marcelo Moreno, que está à disposição da seleção boliviana. Na defesa, os laterais Raul Cáceres e Norberto se recuperam de lesão. Os volantes Ariel Cabral e Lucas Ventura fizeram um trabalho físico em campo e não estão garantidos no jogo. Matheus Neri, se recuperando de Covid-19, e Jean Victor aprimoram a parte física e também não jogam.

Recuperado de Covid-19, Marcinho viajou com a equipe. No ataque, Rafael Sóbis e Thiago brigam pela vaga de Moreno, com leve favoritismo para o segundo. Rômulo deve entrar na lateral direita, com Flávio entrando no meio, ao lado de Adriano.

O provável Cruzeiro é: Fábio, Rômulo, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Flávio, Adriano e Giovanni; Wellington Nem, Bruno José e Thiago (Rafael Sóbis).

ARBITRAGEM

O trio que comandará a partida é da Federação de Futebol do Rio de Janeiro. Bruno Arleu de Araújo (FIFA) comanda as ações do jogo. Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA) e Daniel de Oliveira Alves Pereira (CBF) serão seus auxiliares. Helder Brasileiro de Aquino é o quarto árbitro. Rodrigo Carvalhaes de Miranda (CBF) comanda o VAR, sendo auxiliado por Alisson Sidnei Furtado (CBF-TO).

* Gazeta Web

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter