Anadia/AL

24 de setembro de 2021

Anadia/AL, 24 de setembro de 2021

No Rei Pelé, CRB tem invencibilidade de 15 jogos quebrada em derrota para o Goiás: 1 a 0

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 11 de setembro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
11-09-2021_CRB_e_Goias_AC_3863.2e16d0ba.fill-1120x700

Fotos: Ailton Cruz

Time goiano joga defensivamente e decide partida no contra-ataque; Galo não perdia em casa, pela Série B, há nove meses / Guilherme Magalhães

Depois de um longo período, o CRB voltou a ser derrotado no Rei Pelé, pela Série B. A sequência de 15 jogos invicto foi quebrada na noite deste sábado (11), em partida válida pela 23ª rodada da Segundona, contra o Goiás. O time alviverde conseguiu a vitória pelo placar mínimo de 1 a 0. O gol foi marcado pelo capitão Élvis.

Com o resultado, o Galo da Pajuçara caiu duas posições na tabela de classificação – por contra da vitória do Botafogo – e é o 4º colocado, ainda com 40 pontos. Quem pegou o elevador foi o Goiás, que chegou a 42 e é o novo vice-líder da competição.

As equipes agora focam na próxima rodada, onde seguirão brigando para chegar ao acesso. O Galo da Praia terá um tempo menor de descanso, já que joga na próxima quinta-feira (16). O clube alagoano fará mais uma partida no Rei Pelé, contra o Vasco. O duelo será às 19h. Já o Esmeraldino joga apenas no dia 18, sábado que vem, às 19h. O desafio será contra o vice-lanterna, Brasil de Pelotas, dentro de casa.

Esmeraldino repetiu placar do turno ao vencer por 1 a 0 – Foto: Ailton Cruz

1º Tempo

A partida começou frenética, mostrando o motivo de as equipes estarem entre as quatro melhores da Série B. Logo aos dois minutos, Diego Torres mandou uma bola venenosa na área, Tadeu tirou mal, deixando para o camisa 10, que no rebote não acertou o gol. Na sequência, aos 3′, o Goiás respondeu com Elvis, que chutou de longe, pra fora. A principal arma do CRB no início foi a bola parada de Diego Torres, que incomodou a defesa goiana.

Marcelo Cabo, conhecido pelo futebol reativo e treinador do Goiás, optou por deixar o Galo com a posse de bola nos primeiros minutos. A situação foi tranquila para o Regatas, Jajá tirou proveito do lado esquerdo. Aos 22 minutos, o atacante mandou um cruzamento bem na cabeça de Marthã, que finalizou no travessão. O lance, porém, acendeu o Goiás na partida.

Em sua primeira jogada após levar perigo, conseguiu mexer com as estruturas regatianas. No maior estilo Marcelo Cabo, o contra-ataque esmeraldino deu resultado pelo lado esquerdo. O cruzamento veio baixo, mas ninguém da defesa do CRB cortou bem, Hugo, que é ex-Galo, tocou para Élvis sozinho, na frente do gol, pra estufar as redes regatianas e colocar o 1 a 0 no placar aos 24 minutos.

Atletas do Goiás comemoram gol sobre o Galo – Foto: Ailton Cruz

Os minutos que sucederam o gol goiano foram bem parecidos com o restante da etapa inicial. O Galo tinha muita posse de bola e tentava as escapadas pelas pontas. Em uma delas, aos 32, Reginaldo até invadiu bem a área, contudo, tocou muito forte para Júnior Brandão, que, de frente para o gol, dominou muito mal. Já em jogada parecida com gol, o Verdão teve duas chances de arremate aos 39, com Élvis e Fellipe Bastos, mas os dois erraram o alvo.

Reynaldo, com 40 minutos, teve uma chance de cabeça na área regatiana, porém, faltou força pra finalizar. Perdendo, o CRB acabou optando pelas bolas aéreas, principalmente com Diego Torres. O maestro tentou mandar para Marthã, que errou novo cabeceio aos 42 minutos. Fora essas chances, os últimos minutos tiveram pouca criatividade, apenas com o Esmeraldino controlando a partida e levando o 1 a 0 para o vestiário.

2º Tempo

Os últimos 45 minutos começaram parecidos com os primeiros: Diego Torres tentando na bola aérea, mas seguiu sem funcionar. Os primeiros 10 minutos foram apenas de troca de chegadas, porém, sem nenhum tipo de finalização no gol. Diego Torres teve a melhor chance aos 11 minutos, na entrada da área, porém, o meia chutou fraquinho, facilitando a vida de Tadeu. Aos 13 minutos, novamente Marthã apareceu de cabeça, entretanto, outra vez finalizou pra fora.

O CRB foi crescendo, Allan Aal, inclusive, fez alterações que colocaram o time mais à frente. Rapidamente o resultado foi visto. Diego Torres cobrou uma falta próxima da área, Renan Bressan pegou a sobra e na finalização obrigou Tadeu a fazer uma defesa fenomenal, salvando os goianos com 22 do segundo tempo. O Galo seguiu rondando a área, Careca teve a oportunidade aos 26, de cabeça, e errou o alvo.

Galo pressionou na reta final, mas não conseguiu o empate – Foto: Ailton Cruz

A metade final do segundo tempo foi repleta de jogadas para ambos os lados, mesmo que um pouco no desespero, principalmente do lado regatiano. O Regatas começou a utilizar o chute de longa distância, principalmente com Renan Bressan, mas poucas vezes a bola chegou perto do alvo. Dadá Belmonte fez linda jogada no contra-ataque, com 31 minutos, porém, foi impedido pela defesa regatiana.

Vendo o crescimento ofensivo do time mandante, Marcelo Cabo logo modificou a equipe, colocando jogadores com características defensivas e de velocidade. A solução apenas chamou mais o Galo. Com 43 minutos, Diego Torres cobrou uma falta perigosíssima e Tadeu espalmou bem. Salim Fende indicou a etapa final até 50 minutos e, apesar da grande pressão regatiana, de nada serviu, mantendo o 1 a 0 para os visitantes.

Ficha técnica

CRB – Diogo Silva; Reginaldo (Emerson Negueba), Wesley Frazan, Caetano e Guilherme Romão; Marthã, Wesley (Renan Bressan) e Diego Torres; Pablo Dyego (Alisson Farias), Jajá e Júnior Brandão (Nicolas Careca). Técnico: Allan Aal

Goiás – Tadeu; Diego (Albano), David Duarte, Reynaldo e Hugo (Iago Mendonça); Rezende, Fellipe Bastos (Matheus Salustiano), Caio Vinícius e Elvis (Ivan); Dadá Belmonte (Daniel de Pauli) e Nicolas. Técnico: Marcelo Cabo

Cartões amarelos – Élvis (Goiás); Frazan (CRB)

Árbitro – Salim Fende Chavez (CBF/SP)

Assistentes – Luiz Alberto Andrini Nogueira (CBF/SP)e Evandro de Melo Lima (CBF/SP)

Árbitro de vídeo – Thiago Duarte Peixoto (CBF/SP)

Foto: Gazeta Web

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter