Anadia/AL

28 de setembro de 2021

Anadia/AL, 28 de setembro de 2021

Após ser abandonada por Bolsonaro, Sarah Winter agora diz que bolsonarismo “é uma ditadura”

Por GyanCarlo

Em 15 de setembro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv

Correio Braziliense

Extremista diz que que no Brasil há duas ditaduras: a do Supremo Tribunal Federal e a promovida por Jair Bolsonaro

A militante extremista Sara Winter afirmou que no Brasil há duas ditaduras: a do Supremo Tribunal Federal e a promovida pelo presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores. As declarações de ‘arrependimento’ da ex-aliada do governo federal foram dadas ao jornal Folha de S. Paulo.

“De um lado tem a ditadura do STF suprimindo a liberdade de expressão e, do outro, a ditadura bolsonarista que destrói qualquer um que não venere o Jair”, afirma a militante da extrema-direita ao expressar seu descontentamento com o antigo aliado.

Sara está presa desde junho de 2020 após liderar o grupo ‘300 do Brasil’ em protestos de ataques ao STF permeados por uma estética Ku Kux Klan, com máscaras brancas e tochas. A extremista foi presa no inquérito de atos antidemocráticos por ordem de Alexandre de Moraes e considera ter sido abandonada por Bolsonaro e seus apoiadores.

Fonte: Brasil 247

 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter