Anadia/AL

27 de outubro de 2021

Anadia/AL, 27 de outubro de 2021

Após cobrança, governo de AL cede e policiais penais encerram paralisação

Por GyanCarlo

Em 23 de setembro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv

Cortesia à Gazetaweb | Assembleia dos agentes penitenciários

Categoria diz que vai aguardar proposta do governador para consolidar demandas nos próximos 15 a 20 dias | Clariza Santos

Após uma assembleia na manhã desta quinta-feira, 23, o Sindicato dos Agentes Penitenciários, Servidores e Trabalhadores do Sistema Prisional de Alagoas (Sinaspen/AL) informou que a categoria vai respeitar o prazo que o governador Renan Filho (MDB) solicitou.

De acordo com informações do presidente do Sinaspen, Vitor Leite, as mobilizações foram cessadas. “Já retomamos os serviços desde segunda-feira quando tomamos conhecimento pela imprensa sobre a decisão judicial tá. vamos cessar qualquer outro tipo de paralisação a pedido do próprio governo para que a gente retoma negociações. Então existe uma proposta da correção da tabela do nosso PCs, que tem apenas quatro níveis, e precisa ter mais um para a gente ficar nivelado com os servidores, que tem atividade semelhante a noss. A gente vai aguardar o governador para consolidar isso aí [as demandas] nesses próximos 15 a 20 dias”.

Por meio da assessoria de comunicação, a Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (SERIS) disse que as entregas de feiras e visitas devem seguir um calendário, que será divulgado em breve. Porém, este mês, fica condicionado apenas a entrega de feiras, sendo as visitas normalizadas em outubro.

A GREVE

O motivo da mobilização, que teve início no fim de agosto, é por melhores condições de trabalho e reposição salarial, que é referente às perdas acumuladas dos últimos anos, não concedidas durante o Governo de Alagoas.

De acordo com o presidente do sindicato, até hoje, a categoria espera uma contraproposta e apenas foi informada da possibilidade de uma reunião com o governo, no mês de setembro, sem nenhuma informação concreta sobre a possibilidade de atender os pontos da pauta.

Fonte: Gazeta Web

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter