Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

Padre Paschal Prosper, da Arquidiocese de Maceió, morre aos 69 anos na Índia

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 24 de setembro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
11111

Pároco da igreja Santa Luzia Siracusa, em Maceió, Paschal Prosper morre aos 69 anos — Foto: Ascom/Arquidiocese de Maceió

Pároco voltou para seu país natal em 2018, onde faleceu. Causa da morte não foi divulgada pela família. Ele administrou paróquias da Arquidiocese da capital por décadas.

O padre Paschal Prosper morreu nesta sexta-feira (24) na Índia, país onde nasceu, aos 69 anos. A causa da morte não foi divulgada pela família, mas há informações de que apresentava problemas de saúde. Em 2015 foi operado para colocação de um marca-passo. Há quase três ele retornou ao país natal, onde moram familiares.

De acordo com a Arquidiocese de Maceió, Prosper foi sacerdote missionário em paróquias da instituição por décadas.

No anos 90, foi padre da paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Capela, no interior de Alagoas, e administrou outra paróquia no município de Viçosa. Em 1996 foi coordenador da articulação das Pastorais Sociais e pároco na Paróquia Nossa Senhora do Livramento, em Cajueiro, também no interior do estado.

Padre Prosper ficou mais de 20 anos à frente na Paróquia Santa Luzia, no Tabuleiro dos Martins, na capital. Em 2015 ele foi vítima de um assalto na instituição. Jovens armados destruíram imagens de santos, bateram em fiéis, assaltaram a igreja e a casa paroquial.

Pessoas que o conheceram relataram que gostavam da presença dele e de seu jeito engraçado e afetuoso de celebrar as missas.

“Ele era muito querido. Cheguei a assistir missas com ele na época em que morei na Bomba do Gonzaga. Aí ele adoeceu, não lembro do quê exatamente, e trocaram o padre. Ele ficou um tempo no seminário, depois voltou para a Índia”, contou a comunicadora social Anna Pontes.

O arcebispo metropolitano de Maceió, Dom Antônio Muniz Fernandes, lamentou a morte de padre e desejou conforto e esperança aos seus amigos e familiares

“Que nosso Senhor o receba na glória celeste e a Arquidiocese de Maceió reza pelo descanso eterno de sua alma. Além de ser grata por todo o empenho e serviço missionário por ele desenvolvido no território Arquidiocesano”, disse Dom Antônio.

Fonte: G1-AL

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter