Anadia/AL

16 de outubro de 2021

Anadia/AL, 16 de outubro de 2021

Diferencial das feira livre de Anadia: Alimentos saudáveis e preocupação dos feirantes com a qualidade

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de setembro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
151eb013-4861-4744-92ec-92dbd2704c7e

Feirante José Henrique e sua sobrinha Raissa - Foto: Alberto Costa

A diversidade de produtos e o contato com os feirantes ainda são os grandes atrativos dos consumidores

Simples, batalhador, com uma simpatia que irradia boas energias a todos. pessoa do bem que encanta os clientes que gostam dos produtos, com humor inteligente e uma popularidade cativante. Esse é Zé Henrique, morador do sítio Limoeirinho município de Anadia, Zé tem sua banquinha na feira livre e vende seus produtos juntamente com sua sobrinha Raissa, a jovem ajuda a atender os clientes que ali passam para comprar os produtos.

Amendoim torrado, cozinhado, Seco e verde e tem ainda, castanha do Pará. Farinha do próprio amendoim e farinha de castanha. Essa é a feira livre de Anadia, ao sábados com diversificações de produtos para venda e para a compra.


Feirante: Fábio Vilela – Foto: Alberto Costa
Outro feirante a muito tempo na praça no ramos frutas e verduras, é o conhecidíssimo, Fábio Vilela, o mesmo vende a muito tempo em sua banca variedades de produtos, Entre eles frutas, verduras, batatas e inhames.


Jilson do tempero, a 15 anos vendendo na feira livre – Foto: Alberto Costa 

Outro feirante conceituado na feira livre é Jilson dos temperos, o mesmo trabalha na vendagem de ervas e condimentos em geral, o feirante reside no povoado Chã do Brejinho – Anadia – segundo ele trabalha na feira livre a 15 anos.

“A feira livre representa uma das formas mais antigas de comercialização de produtos agrícolas, desenvolvendo até hoje um importante papel econômico, social e cultural. Atualmente, além dos produtos alimentícios hortifrutigranjeiros, podemos encontrar bancas vendendo vários tipos de produtos, como doces, farinha, pescados, deliciosos pastéis fritos na hora e produtos para o lar”, comentaram os feirantes.

Eles lembram que a tradição das feiras de rua em Anadia ainda não se perdeu e há, ainda, quem prefira frequentá-la aos supermercados. “A animação das vendas feitas nos estandes é hoje parte do imaginário, que associa o feirante às suas tentativas cômicas de atrair os clientes. Um dos bordões mais ouvidos é ‘moça bonita não paga, mas também, não leva!’. O vendedor de feira guarda o gostinho nostálgico dos tempos dos nossos pais e avós e a pessoalidade que se esvaiu nos corredores dos supermercados. A diversidade de produtos os contatos com os feirantes ainda são os grandes atrativos”, elogiaram.

Com uma linguagem única e popular, a feiras livre se mantêm firme. E a de Anadia tem uma tradição peculiar. Visite! Conheça! Consuma os produtos saudáveis que nossa feira traz para a nossa população.

Aos sábados, vá aproveitar os produtos vendáveis na feira!

Fonte: Redação ABN

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter