Anadia/AL

27 de outubro de 2021

Anadia/AL, 27 de outubro de 2021

Maceió sediará 13º Congresso de Doenças Cerebrovasculares

Por GyanCarlo

Em 28 de setembro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
VV

(Imagem: Divulgação)

Evento ocorre entre os dias 11 e 14 de novembro e será online

A cidade de Maceió foi escolhida para sediar o 13º Congresso de Doenças Cerebrovasculares. O evento comemora 25 anos da Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares, a SBDCV, e será realizado entre os dias 11 e 14 de novembro, de forma online, devido à pandemia de Covid-19.

A programação do evento conta com mais de 200 palestras de profissionais e especialistas nacionais e internacionais, além de workshop, jornada de neurologia, aulas magnas, mesas redondas e apresentações de trabalhos científicos, que irão trazer novas diretrizes sobre a doença que afeta milhares de pessoas.

Para Marcos Lange, presidente da SBDCV, é importante entender que os eventos online vieram para ficar: “Vamos realizar um congresso que acontece de forma bianual que abordará desde a prevenção primária até a reabilitação”. Além disso, segundo Lange, o evento trará o que há de mais moderno no tema. “Vamos congregar conhecimentos, definir novas diretrizes para o tratamento e o melhor os inscritos poderão assistir as palestras depois”, finaliza Marcos Lange.

Segundo Octávio Pontes, presidente da comissão científica do congresso e coordenador da rede nacional de pesquisa em AVC, o acidente vascular cerebral é um problema gravíssimo que é mais comum do que se imagina. “Nós temos mais de 400 mil casos de AVC por ano, cerca de 100 mil óbitos por conta do problema e cerca de 25% de mortalidade no primeiro ano. São taxas altíssimas”, destaca Pontes.

Ainda de acordo com Octávio Pontes, o tratamento do AVC deve ser regionalizado e o congresso ajuda a divulgar a pesquisa que é tão importante e necessária. “O tratamento do AVC merece uma abordagem regionalizada e multidisciplinar, precisamos capacitar as pessoas e profissionais, educar a população sobre o tema para que ela possa socorrer o paciente. Além disso, o congresso brasileiro é o maior da América Latina e é onde a comissão científica vai reunir o que há de mais recente nas pesquisas e atualizar as diretrizes dos tratamentos doença no Brasil”, informa Octávio Pontes.

Já a presidente da Sociedade Alagoana de Neurologia (SAN) e também do congresso, Letícia Januzi, fala da importância em trazer o evento para Maceió. “Trazer o evento para o nosso estado é colocar Alagoas na rota das pesquisas sobre uma doença tão grave e que afeta tantas pessoas. Infelizmente devido à pandemia o congresso terá que ser online, mas isso nos deu a possibilidade de fazer algo ainda maior”, finaliza Letícia Januzi.

Mais conhecido entre os populares como derrame, o acidente vascular é a segunda causa de morte e de deixar pacientes incapacitados no Brasil e no mundo, de acordo a SBDCV.

Para mais informações sobre o congresso e inscrições o site disponibilizado é www.avc2021.com.br, além das redes sociais @congresso_avc_2021 .

Fonte: Assessoria
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter