Anadia/AL

17 de outubro de 2021

Anadia/AL, 17 de outubro de 2021

Após empate, Palmeiras está na final da Libertadores

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 29 de setembro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
1739177795-6153cc76c3436

(Foto: WASHINGTON ALVES / AFP / POOL)

Por Rafael Marson

Pelo segundo ano consecutivo, o Palmeiras está na final da Copa Libertadores da América 2021. O time paulista empatou com o Atlético-MG por 1 a 1 no Mineirão, no jogo de volta da semifinal da competição, e com o gol fora, conseguiu a classificação. Vargas marcou para os mandantes, enquanto Dudu fez o gol decisivo.

Esta é a quinta vez que o Palmeiras avança à final da Libertadores. Já o time mineiro teve a sua segunda eliminação nas semifinais do torneio continental.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações

LUAN ASSUSTA OS PALMEIRENSE

A partida começou com um roteiro similar ao que ocorreu no Allianz Parque. O Atlético-MG pressionando e tomando as iniciativas ofensivas, e o Palmeiras bem organizado na defesa, buscando jogadas em velocidade.

A primeira boa chegada veio após uma cobrança de falta equivocada de Luan. O defensor do Palmeiras cobrou nos pés de Vargas, que foi conduzindo e rolou para Hulk. A bola no entanto ficou longa, e Weverton conseguiu bloquear a chegada.

Aos 25 minutos, o clube de Abel Ferreira teve sua primeira oportunidade clara na partida. Em lançamento longo, Piquerez ganha no alto de Mariano, avança pela ponta esquerda e chuta com o pé direito. A bola tirou tinta da trave de Éverson.

Essa foi uma das únicas investidas da equipe paulista no primeiro tempo. O Atlético-MG dominava a posse e teve outra boa chance em chute cruzado de Nacho, defendido por Weverton.

SEGUNDO TEMPO QUENTE

A equipe da casa voltou com o mesmo ímpeto ofensivo e logo aos 3 minutos da segunda etapa, chegou com perigo. Hulk aproveitou rebote da defesa do Palmeiras e, de fora da área, mandou chute forte, forçando Weverton a mandar para escanteio. No minuto seguinte, o Palmeiras respondeu com Rony. O camisa 7 recebeu lançamento e avançou pelo corredor direito. Ele finalizou forte, e Éverson conseguiu agarrar.

A pressão nos minutos iniciais da segunda etapa feita pelos mineiros surtiu efeito. Aos 6 minutos, Jair recebeu na direita, foi até a linha de fundo e cruzou na segunda trave. Vargas subiu sozinho e testou firme contra a meta de Weverton, inaugurando o marcador.
Após o gol, a torcida do  time mineiro passou a empurrar ainda mais o time, que quase ampliou a vantagem. Nacho encontrou lindo passe para Vargas. O camisa 10 saiu cara a cara com Weverton, que conseguiu leve desvio.

Buscando mudar a dinâmica da equipe, Abel Ferreira colocou Gabriel Veron na vaga de Rony. Um minuto depois da alteração, ele recebeu bola na ponta esquerda, ganhou no corpo de Nathan Silva e cruzou rasteiro para Dudu. Livre, o camisa 43 tocou de carrinho para igualar o placar no Mineirão.

Nos últimos 20 minutos da partida, o Atlético-MG foi com praticamente todos os seus jogadores ao ataque, em busca da classificação, mas a equipe mineira não conseguia criar chances perigosas, apelando ao chuveirinho na área.

Atlético-MG parou na defesa do Palmeiras, que conquistou a vaga para disputar a final em Montevideo, no Uruguai, dia 27 de novembro.

FICHA TÉCNICA

Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras

Data: 28 de Setembro de 2021

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte-MG

Árbitro: Wilmar Roldán-COL

Assistentes: Alexander Guzmán-COL e John Leon-COL

VAR: Andrés Cunha-URU

Público/renda: 18.350/ R$ 3.837.046,00

Cartões amarelos: Nathan Silva (CAM); Marcos Rocha, Deyverson, Luan, Abel Ferreira e Felipe Melo (PAL)

Cartões vermelhos:

Gols: Eduardo Vargas (6’/2ºT) (1-0) e Dudu (28’/2ºT) (1-1)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Tchê Tchê, 44/2ºT), Jair (Savarino, 32/2ºT), Zaracho (Sasha, 38/2ºT) e Nacho (Réver, 44/2ºT); Hulk e Eduardo Vargas. Técnico: Cuca

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Gabriel Menino, 30/2ºT), Luan, Gustavo Gómez, Renan e Piquerez; Felipe Melo, Danilo e Raphael Veiga (Wesley, 35/2ºT); Dudu (Zé Rafael, 35/2ºT) e Rony (Gabriel Veron, 21/2ºT). Técnico: Abel Ferreira

Fonte: Terra

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter