Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

Europa pede para Rússia aumentar fornecimento de carvão para aliviar crise energética

Por GyanCarlo

Em 1 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
VV

(Foto: Mike Segar/Reuters)

Será difícil aumentar os fornecimentos à região devido "aos contratos atuais com os clientes asiáticos", segundo Kirill Chuyko, chefe de pesquisa da BCS Global Markets

A Europa pediu à Rússia para aumentar os fornecimentos de carvão para aliviar a crise energética, informa a Bloomberg, citando fontes anônimas de empresas russas relacionadas.

Os produtores de energia europeus se veem obrigados a pedir esse aumento diante da aproximação do inverno e dos preços recordes do gás, confirmaram as fontes ao portal Bloomberg.

Além disso, um especialista assegurou em condição de anonimato que as empresas de serviços públicos estão desesperadas para conseguir mais carvão.

Natasha Tyrina, analista principal de pesquisa da Wood Mackenzie Ltd. em Houston, nos EUA, também destacou que a “Rússia por si só não será capaz de fornecer em um prazo tão curto” um volume de carvão tão grande.

“Isso vai requerer fornecimentos de outros países, como EUA, porém a situação lá é a mesma que em outros lugares”, resumiu.

Por sua vez, Kirill Chuyko, chefe de pesquisa da BCS Global Markets, indicou que será difícil aumentar os fornecimentos à região devido “aos contratos atuais com os clientes asiáticos”, adicionou o especialista.

Além disso, a Europa conta com estritas normas ambientais para a combustão do carvão, o que complica e atrasa consideravelmente o processo de preparação das entregas, observaram as empresas russas.

Anteriormente, a União Europeia estabeleceu uma estratégia de longo prazo para se tornar até 2050 uma economia com zero de emissões de gases de efeito estufa, o que implica, entre outras coisas, a descarbonização total do fornecimento energético nos países do bloco.

Fonte: Brasil 247

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter