Anadia/AL

27 de outubro de 2021

Anadia/AL, 27 de outubro de 2021

Dino prevê ‘fracasso’ da estratégia de Ciro: ‘Ideia de troca de torcida não vai funcionar’

Por GyanCarlo

Em 3 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
VV

FLÁVIO DINO E CIRO GOMES. FOTOS: DIVULGAÇÃO/SECAP E MIGUEL SCHINCARIOL/AFP

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), avalia que a estratégia adotada por Ciro Gomes, provável candidato à Presidência pelo PDT, tem poucas chances de funcionar. Dino vê obstáculos na busca de Ciro por se aproximar da centro-direita.

“É uma tentativa eleitoral que fracassará. O Ciro pode dizer o que quiser, ele sempre será visto como do nosso campo. Essa ideia de troca de torcida não vai funcionar. Ele foi ministro do Lula, foi contra o impeachment. O Ciro de 2018 não era à direita”, disse o governador maranhense em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

Ao analisar o caminho do ex-presidente Lula até as eleições de 2022, Dino afirmou que quanto mais ‘centrista’ for o petista, melhor.

“O Lula deve sinalizar para mediações, porque o risco que o Brasil corre é muito alto. O Bolsonaro é golpista. Tentou um golpe em setembro e tentará outro. Como a chave dominante na eleição vai ser a questão social, diferente da de 2018, creio ser possível que pessoas que são conservadoras em outros âmbitos da vida venham a considerar que o governo Lula trará mais estabilidade e uma equação melhor da temática social”, declarou.

Dino também confirmou que, neste momento, “a tendência mais forte” é de que o PSB apoie a candidatura de Lula ao Planalto. Mas a confirmação só virá após “um processo progressivo de construção de consenso” que deve se concluir em abril de 2022.

Fonte: Carta Expressa

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter