Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

Bolsonaro foi ao jogo do Santos de propósito para ser barrado

Por GyanCarlo

Em 10 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
VV

Bolsonaro foi barrado e não teve autorização para entrar na Vila Belmiro

Naian Lopes

Bolsonaro não se vacinou e por isso foi impedido de entrar no jogo entre Santos e Grêmio, neste domingo (10). O presidente esbravejou por não ter autorização para entrar na partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Só que tudo isso estava planejado e o governante apenas quis tumultuar.

Conforme apurou o DCM, o chefe do poder executivo tem total consciência que só podem entrar nos estádios de SP quem apresentar o passaporte da vacina. Como não se imunizou, sua entrada seria barrada. E foi.

Um vídeo dele reclamando viralizou nas redes sociais e até se tornou um dos principais assuntos da web. Os bolsonaristas estavam revoltados e criticaram o passaporte da vacina. Os opositores parabenizaram o Santos e comemoraram o episódio. Fato é que Bolsonaro alcançou seu objetivo: aumentar o debate das restrições de entradas para pessoas não vacinadas.

“Por que passaporte da vacina? Eu queria ver o jogo do Santos agora e me falaram que tem que estar vacinado. Por que isso? Eu tenho mais anticorpos do que quem tomou a vacina”, disse o governante, muito irritado.

Bolsonaro e o plano

O presidente soube que o vereador bolsonarista Nikolas Ferreira (PRTB-MG) foi barrado no mês passado ao tentar entrar no Cristo Redentor, no Rio. Ao saber de outros episódios parecidos, questionou aliados se seria uma boa ideia tentar entrar em algum local que pede o passaporte.

Foi incentivado e resolveu colocar em prática no jogo do Santos. Barrado, o gabinete do ódio fará de tudo para que o assunto fique no centro do assunto pelos próximos dias. Palavras como “liberdade” e “segregação” serão usadas com frequência.

E João Doria (PSDB) voltará a ser um alvo dos bolsonaristas. Por isso foi escolhido um estádio de São Paulo e não do Rio de Janeiro, por exemplo. A rivalidade com governador de SP é maior.

Confira o desabafo de Bolsonaro:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter