Anadia/AL

16 de outubro de 2021

Anadia/AL, 16 de outubro de 2021

Caio detalha papo com filho ao descobrir câncer: ‘O papai não vai morrer’

Por GyanCarlo

Em 10 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
VV

Reprodução Instagram Caio Ribeiro

Reprodução Instagram Caio Ribeiro

Recuperado de um câncer anunciado no início do mês passado, o comentarista Caio Ribeiro revelou detalhes envolvendo sua família no momento em que descobriu estar um linfoma de Hodgkin. Em entrevista ao “Esporte Espetacular” da TV Globo, o ex-jogador disse que levou um “soco na boca do estômago” ao ser diagnosticado com a doença, que tem origem no sistema linfático.

Em entrevista ao “Esporte Espetacular” da TV Globo, o ex-jogador disse que levou um “soco na boca do estômago” ao ser diagnosticado com a doença, que tem origem no sistema linfático. “O que te quebra é na hora que você recebe a notícia, na hora que você fala para sua mãe e que ela sai correndo da sala pra chorar escondida, na hora que sua esposa começa a chorar na sua frente, na hora que você fica preocupado com seu filho… Aí é duro. É um soco na boca do estômago. Você fala: ‘pô, eu, cara? Sempre fui saudável, sempre me cuidei, fiz exames…’. Mas você tem reações: ou você afunda, ou enfrenta”, iniciou ele.

Caio detalhou uma conversa a sós que teve com o filho mais velho, João [de 10 anos], pouco antes de tornar público o seu diagnóstico. “Eu nunca menti para ele, tenho uma relação muito próxima com o João. E falei pra ele: ‘Filho, o papai não mente, o papai vai ficar bem, o papai não vai morrer, o tratamento vai dar certo. Só quero que você acredite em mim: vai ficar tudo bem, você acredita?’ E ele falou: ‘acredito’. Aí falei: ‘Então se você ouvir alguma coisa na TV, nas redes sociais ou se algum amiguinho te falar algo que incomodar, me fala que eu vou sempre te falar a verdade. O papai pegou uma doença, e como em qualquer doença, há momentos mais e menos difíceis, mas tem cura e o papai vai ficar bom’. Fiquei olhando um pouco o celular dele e os amigos falavam: ‘João, estamos rezando pelo seu pai, ele vai ficar bom’. E ele falava: ‘Mas está tudo bem, ele só vai ficar careca'”, prosseguiu o comentarista, que também é pai de Valentina, de 6 anos.

“Um anjo” – Ainda na entrevista para o programa da Globo, o ex-atacante disse que o diagnóstico da doença teve origem em um momento completamente aleatório: em uma sessão de fisioterapia para o joelho. “O Cadu [Ramos] é um anjo que salvou minha vida. Ele é um fisioterapeuta que estava cuidando do meu joelho. No final de um tratamento preventivo, que estava tudo bem, mas sempre dou uma alongada, ele resolveu alongar meu pescoço. Aí ele falou: ‘Caio, tem um caroço aqui’.

“Se eu não descobrisse através do Cadu na hora que foi e do jeito que foi, talvez o tratamento não tivesse sido tão rápido e feito com tanto sucesso como foi. Eu respeito muito a forma de fé de cada um. Mas são coisas que não têm explicação, simplesmente acontecem. Por algum motivo, Deus falou: ‘Cadu, toca no pescoço dele'”, finalizou Caio à emissora.

Fonte: TNH1

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter