Anadia/AL

24 de outubro de 2021

Anadia/AL, 24 de outubro de 2021

Téo Higino toma posse do cargo de prefeito de Campo Grande

Por GyanCarlo

Em 11 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
VV

Reprodução/Instagram | Téo Higino defendeu uma gestão que segue o caminho do bem, reforçando ser contra a violência e a perseguição

Ele foi eleito com 3.270 votos após eleição suplementar, no dia 12 de setembro; solenidade aconteceu na Câmara Municipal de Campo Grande Rayssa Cavalcante

O prefeito de Campo Grande, Téo Higino, eleito após eleição suplementar, no dia 12 de setembro, e o vice-prefeito Pimenta tomaram posse dos cargos, na tarde desta segunda-feira (11), na Câmara Municipal de Campo Grande. Com 3.270 votos (49,83%), ele venceu o pleito por apenas nove votos de diferença. A solenidade também contou com a presença do Deputado Estadual Breno Albuquerque, além de familiares.

Após a vitória, Téo Higino agradeceu pela oportunidade de ser prefeito de Campo Grande. “Fizemos uma eleição limpa, de propostas, sem violência, ao contrário do que a oposição fez. Mas ganhamos e vamos continuar administrando com o auxílio do grande político Arnaldo Higino”, disse.

Durante a campanha, o prefeito defendeu uma gestão que segue o caminho do bem, reforçando ser contra a violência e a perseguição. “Contamos com vocês para que Campo Grande possa continuar crescendo e evoluindo, sempre no caminho do bem”, escreveu Téo Higino nas redes sociais.

Téo Higino toma posse do cargo de prefeito de Campo Grande – Foto: Reprodução/Instagram

Na eleição suplementar, Téo Higino ganhou de Cícero Pinheiro (MDB), que liderava durante a apuração e teve resultado final de 3.261 votos (49,70%). Maria Inês (Democratas) teve 31 votos (0,47%). Com 100% das urnas apuradas, a Justiça Eleitoral confirmou a vitória de Teogenes Higino Melo Lessa.

A eleição suplementar ocorreu menos de um ano após o pleito tradicional e foi determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), depois que o plenário da Corte indeferiu o registro de candidatura de Arnaldo Higino (PP), ex-prefeito do município, condenado por improbidade administrativa.

Fonte: Gazeta Web

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter