Anadia/AL

24 de outubro de 2021

Anadia/AL, 24 de outubro de 2021

Acessibilidade é tema da 3ª Gira Online do Festival de Artes Cênicas de AL

Por GyanCarlo

Em 14 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv

Reprodução

Evento acontece de 14 a 17 de outubro

O Festival de Artes Cênicas de Alagoas (Festal) está a todo vapor e, nesta semana, dá início à 3ª Gira Online, com o tema acessibilidade e uma programação acessível para todos, inclusive em libras e audiodescrição nas apresentações de teatro, circo e performance.

A mesa redonda de abertura, na quinta-feira (14), aborda o tema “Acessibilidade: potências, entraves e pré-conceitos na produção e recepção de trabalhos artísticos” com transmissão gratuita pelo canal do Festal no YouTube, às 20h. Já na sexta, também às 20h, haverá a apresentação do Espetáculo O Que Existe Entre Nós?, da Cia Teatral Mestres da Graça.
No sábado, a Cia Turma do Biribinha de Circo e Teatro apresenta o Espetáculo Eu Sem Você Não Sou Ninguém, às 18h, e em seguida Ayò Ribeiro apresenta o Espetáculo Estranhe, às 20h. Já no domingo, às 16h, rola um bate papo com todos os grupos e artistas que se apresentaram nos dias anteriores, finalizando a Gira com o show musical de Malta Lee, às 18h.
Inclusão social
É bem verdade que a Lei Brasileira de Inclusão – LBI nº 13.146, de 6 de julho de 2015 tem sido impulsionadora de mais acessibilidade na área cultural em todo o território nacional. Ainda assim, ainda há uma longa caminhada adiante.
No processo de inclusão é preciso entender que a deficiência está na sociedade e em seus espaços despreparados para o acesso de todes, e também entender que a inclusão é nossa responsabilidade enquanto membros da humanidade compreendendo que os recursos de acessibilidade possibilitam uma ampliação do público ao permitir que outros grupos também possam “catarsiar” com a arte.
Nesses cinco anos o Festal tem contribuído imensamente na construção das pontes acessíveis para as pessoas com e sem deficiência vivenciarem a cena das artes cênicas alagoanas, impactando também o mercado de trabalho para a classe de tradutores-intérpretes que passaram a ter mais um nicho de atuação.
A 6ª edição do Festal – Construindo Aquilombamentos conta com 5 semanas de atividades temáticas que acontecem de 30 de setembro a 31 de outubro, sendo elas: 1ª Gira: Cultura Popular, 2ª Gira: Memória e Política, 3ª Gira: Acessibilidade, 4ª Gira: Gênero e Sexualidade, e 5ª Gira: Cena Pretas/Negras.
Desde a sua 2ª edição, o Festal tem incluído recursos de acessibilidade comunicacional em suas programações promovendo a abertura dos espaços artísticos que eram negados para pessoas com deficiência. Nesta 6ª edição, além dos recursos de libras e audiodescrição, também haverão artistas surdes pautando suas vivências na cena artística.
A 6ª edição do Festal foi contemplada na Lei Aldir Blanc com o prêmio Eric Valdo, e é uma iniciativa da Rede de Artes Cênicas de Alagoas compostas por grupos e artistas independentes do Estado.
Confira a programação:
3ª Gira Acessibilidade
14/10
20h – Mesa Redonda: Acessibilidade – “Acessibilidade: potências, entraves e pré-conceitos na produção e recepção de trabalhos artísticos”
15/10
20h – Espetáculo: O Que Existe Entre Nós?
Grupo/artista: Cia Teatral Mestres da Graça
Teatro
16/10
16h – Espetáculo: Eu Sem Você Não Sou Ninguém
Grupo/artista: Cia Turma do Biribinha de Circo e Teatro
Circo
20h – Espetáculo: Estranhe
Grupo/artista: Ayò Ribeiro
Performance
17/10
16h – Bate-papo com os grupos e artistas participantes
Cia Teatral Mestres da Graça, Cia Turma do Biribinha de Circo e Teatro e Ayò Ribeiro
18h – Show Musical: Malta Lee
4ª Gira Gênero e Sexualidade
21/10
20h – Mesa Redonda: Gênero e Sexualidade – “Os saberes insurgentes da cena artísticualagoanu – inflexões a partir do gênero e da sexualidade”
22/10
20h – Espetáculo: Ciranda de Boldo
Grupo/artista: Wanderlândia Melo
Teatro
23/10
18h – Espetáculo: Reagente +: Modo/moda e movimento
Grupo/artista: Fênix Zion
Performance
20h – Espetáculo: Mamilos
Grupo/artista: Coletivo Corpatômica
Performance
24/10
16h – Bate-papo com os grupos e artistas participantes
Wanderlândia Melo, Fênix Zion e Coletiva Corpatômica
18h – Show Musical: Maju Shani
5ª Gira Cena Pretas/Negras
28/10
20h – Mesa Redonda: Cenas Pretas/Negras – “Cenas pretas em Alagoas: um movimento por outras narrativas”
29/10
20h – Espetáculo: Ao Meu Corpo
Grupo/artista: Rodôlfo da Silva Aquino
Dança
30/10
18h – Espetáculo: Rala Fora Playboy
Grupo/artista: Cia Preto Tição de Teatro
Teatro
20h – Espetáculo: Corpo Saravá
Grupo/artista: Cia Urucungo
Dança
31/10
16h – Bate-papo com os grupos e artistas participantes
Rodôlfo da Silva Aquino, Cia Preto Tição de Teatro e Cia Urucungo
18h – Show Musical: Mary Alves
Para mais informações:
082 98849-2085 (imprensa)
082 99662-3040 (programação)
📌 Acompanhe o FESTAL 2021 pelo Youtube!
Inscreva-se aqui ⤵️
https://bit.ly/FESTALnoYoutube

Texto produzido por Pei Shung Fon, estudante de Relações Públicas e voluntária no projeto de extensão Bureau de Comunicação Comunitária da UFAL, sob coordenação da professora Manuela Callou e adjunta Keka Rabelo, junto do GT de comunicação do Festal 2021.

Fonte: Tribuna Hoje

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter