Anadia/AL

30 de novembro de 2021

Anadia/AL, 30 de novembro de 2021

Polícia apreende arma, dinheiro e itens de higiene com assaltante que manteve reféns em drogaria

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 19 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
rs=w_800,h_500,i_true,cg_true,ft_cover

Foto: Reprodução

A ação foi percebida por um inspetor da Guarda Municipal de São Miguel dos Campos que acionou a Polícia Militar. 

Uma arma, mais de R$2 mil reais em notas e moedas e dois produtos de higiene pessoal foram apreendidos com o homem que, durante a tentativa de assalto manteve como reféns funcionários de uma drogaria, no bairro do Farol, na manhã desta terça-feira, dia 19.

Segundo informações da polícia, com o autor foram encontrados um revólver calibre .22, o dinheiro roubado da drogaria, um desodorante spray, um sabonete líquido facial e um celular smartphone Motorola de cor azul. No valor apreendido havia R$ 2.889,95 em cédulas e moedas, sendo R$2.364,00 em cédulas e R$525,95 em moedas,

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para Central de Flagrantes I, com o material apreendido, para os procedimentos cabíveis.

O auto de flagrante foi lavrado pelo delegado Francisco Amorim Terceiro.

O caso

A polícia frustrou um assalto com reféns nesta manhã, em uma drogaria situada na Avenida Fernandes Lima, no bairro do Farol, em Maceió. De acordo com informações, um homem invadiu a farmácia armado e fez um funcionário refém. Entretanto, clientes e funcionários estavam na farmácia, e se esconderam no banheiro do escritório da loja dentro da farmácia.

O guarda estava dentro do estabelecimento no momento. O inspetor contou que entrou a farmácia, mas percebeu que algo estava errado.

“Comecei a falar com o pessoal dentro da loja, mas já sabia que tinha algo errado. Procurei me abrigar, porque não podia ficar no centro da loja, porque poderia ter uma segunda ameaça. Peguei a minha arma, foi quando o assaltante veio com a funcionária e falou que era um assalto. Só que ele viu que era da polícia. Ele apontou a arma para mim e saiu com ela. Eu não pude atirar para proteger a vítima. Eu pedi para minha esposa sair do carro e procurar um local seguro e fiquei aguardando a polícia chegar”, disse.

“O supervisor estava dentro da loja quando viu pelo sistema de câmeras que o cara entrou, ele já conhecia porque esse homem já tinha assaltado outras vezes. A polícia foi acionada, quando o supervisor saiu e foi para frente da loja e falou para as meninas que trabalhavam irem para a parte de dentro da farmácia. O homem anunciou o assalto e o supervisor passou o dinheiro do caixa, mas ele também queria o do cofre. Quando ele saiu o Bope já estava lá, o assaltante colocou a arma nas costas do supervisor dizendo que não iria soltar”, relatou outra testemunha.

Uma guarnição do Bope conseguiu convencer o assaltante a entregar a arma e liberar os clientes e funcionários.

Fonte: Cada Minuto

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter