Anadia/AL

30 de novembro de 2021

Anadia/AL, 30 de novembro de 2021

Senadores da CPI querem pedir impeachment de Aras caso o PGR engavete relatório

Por GyanCarlo

Em 21 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv

CPI e o procurador-geral da República, Augusto Aras (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado | Antonio Augusto/Secom/PGR)

Segundo a CPI da Covid, as decisões da comissão serão levadas diretamente ao STF por meio de uma ação penal subsidiária, caso o procurador Augusto Aras não tome providências acerca do relatório que imputa crimes a Jair Bolsonaro, a quatro ministros de Estado, a Flávio Bolsonaro, ao deputado Eduardo Bolsonaro e a outros cinco deputados federais com foro privilegiado

Senadores do grupo majoritário da CPI da Covid querem pedir o impeachment de Augusto Aras caso o procurador-geral da República não dê cumprimento integral às decisões do relatório final que são de sua competência. De acordo com parlamentares da CPI, as decisões da comissão serão diretamente levadas ao Supremo Tribunal Federal (STF) por meio de uma ação penal subsidiária, se o procurador não tomar providências acerca do relatório. A informação foi publicada nesta quinta-feira (21) pela coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo.

O procurador deve receber o documento das mãos dos parlamentares na próxima quarta-feira (27), um dia após a votação do texto. O chefe da PGR terá de analisar diretamente os nove crimes de que Jair Bolsonaro, além dos imputados a quatro ministros de Estado, ao senador Flávio Bolsonaro (Patriotas-RJ), ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e a outros cinco deputados federais, todos com foro privilegiado.

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros, afirmou que encaminhará o relatório ao Tribunal Penal Internacional de Haia, configurando a denúncia de crime contra a humanidade imputada a Bolsonaro.

Fonte: Brasil 247
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter