Anadia/AL

30 de novembro de 2021

Anadia/AL, 30 de novembro de 2021

Raízes de Arapiraca lança mais 16 documentários no Cinesystem

Por GyanCarlo

Em 24 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv

Foto: Clevânio Henrique

O Raízes de Arapiraca já lançou mais de 100 documentários com história de superação de famílias e que ajudaram a elevar o nome de Arapiraca, que completa 97 anos de Emancipação Política no próximo dia 30 de outubro

O projeto Raízes de Arapiraca, idealizado pelo deputado estadual Ricardo Nezinho, vai lançar mais 16 documentários a respeito do desenvolvimento da segunda maior cidade de Alagoas. O evento está marcado para este domingo, 24/10, a partir das 14h na Sala 1 do Cinesystem, no Arapiraca Garden Shopping.

O maior projeto etnográfico do mundo envolve personagens e testemunhas da história de Arapiraca contando detalhes de como a cidade fundada por Manoel André conseguiu o status de uma das mais importantes do Nordeste.

O Raízes de Arapiraca já lançou mais de 100 documentários com história de superação de famílias e que ajudaram a elevar o nome de Arapiraca, que completa 97 anos de Emancipação Política no próximo dia 30 de outubro.

De localização geografia, economia, política, agricultura, comércio, esportes, os mais variados personagens de vários setores da sociedade e do mundo profissional levam ao público uma emoção diferente sob o ponto de vista e atividade de cada um. Mas todos com papéis importantes nos escritos de importância histórica.

Esse ano projeto teve exposição de quadros de personagens que eternizaram suas memórias através do Raízes. A exposição aconteceu na Casa da Cultura de Arapiraca e fez parte da programação dos festejos de aniversário do município.

Os quadros foram presentes para homenageados, e o diferencial, foi o QRCod para dar acesso à pagina online no portal raizesdearapiraca.com.br, onde estão disponíveis o trailer e os documentários.

A ideia do idealizador e diretor do projeto, Ricardo Nezinho, é lançar mais 60 documentários até o final de 2021. A meta é chegar aos 1000 documentários para fechar o primeiro ciclo do Raízes de Arapiraca.

Ascom Raízes de Arapiraca

Fotos: Clevãnio Henrique

Fonte: Diário Arapiraca

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter