Anadia/AL

30 de novembro de 2021

Anadia/AL, 30 de novembro de 2021

‘Se o Brasil for um país sério, o Senado demite Roberto Campos Neto’, diz Oreiro

Por GyanCarlo

Em 25 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv

José Luís Oreiro, Roberto Campos Neto e André Esteves (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado | Marcos Corrêa/PR | Reuters)

O economista José Luís Oreiro repercutiu o áudio obtido com exclusividade pelo Brasil 247 no qual o dono do BTG Pactual, André Esteves, diz que o presidente do Banco Central o consultou sobre quanto deveria ser a taxa de juros no Brasil

Pelo Facebook nesta segunda-feira (25), o economista José Luís Oreiro cobrou do Senador Federal a demissão do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e de toda a diretoria da entidade.

A cobrança se deve à revelação feita pelo Brasil 247 de que o dono do banco BTG Pactual, André Esteves, foi consultado por Campos neto sobre quanto deveria ser a taxa de juros no Brasil.

“Um presidente de banco de investimento é consultado pelo presidente do Banco Central a respeito de medidas de política monetária e de crédito que afetam diretamente a rentabilidade do banco de investimento. A confissão está gravada e é publica. Se o Brasil for um país minimamente sério, o Senado Federal, no uso de suas atribuições legais, deve demitir imediatamente o presidente e toda a diretoria do BC [Banco Central] por prova irrefutável de captura do regulador do sistema financeiro pelo regulado”, escreveu o especialista.

Fonte: Brasil 247

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter