Anadia/AL

5 de dezembro de 2021

RÁDIO ABN NEWS

Anadia/AL, 5 de dezembro de 2021

CPI agora vai pressionar Aras a punir Bolsonaro

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 27 de outubro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
cats

CPI e o procurador-geral da República, Augusto Aras (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado | Antonio Augusto/Secom/PGR)

Senadores pressionam Aras a dar sequência às investigações da CPI

Encerrados os trabalhos da CPI da Covid, cujo relatório foi aprovado nesta terça-feira (26) por 7 a 4, os senadores agora vão à luta para dar sequência às investigações fora do Congresso, principalmente na Procuradoria Geral da República.

Integrantes da comissão entregarão o relatório final à Procuradoria-Geral da República (PGR) na manhã desta quarta-feira (27) e vão criar um observatório para acompanhar o andamento das investigações no Ministério Público e no exterior.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, já definiu que vai encaminhar o material para “análise prévia” de um órgão da PGR que fiscalizou as políticas públicas da pandemia, o Gabinete Integrado Covid-19 (Giac). Depois dessa primeira análise Aras definirá se vai instaurar investigações ou apresentar denúncias contra Jair Bolsonaro e autoridades com foro privilegiado que tiveram o indiciamento pedido no relatório, como ministros Marcelo Queiroga (Saúde), Walter Braga Netto (Defesa), Onyx Lorenzoni (Trabalho) e Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União)..

O senador e vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-Ap), afirmou que, se Aras não agir, a intenção é apresentar uma ação penal por conta própria, informa O Globo.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), a quem cabe abrir eventual pedido de impeachment do presidente da República, também será pressionado a agir.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter