Anadia/AL

5 de dezembro de 2021

RÁDIO ABN NEWS

Anadia/AL, 5 de dezembro de 2021

Carnaval 2022: AMA recomenda cautela a prefeitos de Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de novembro de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
pessoas-com-mascara-de-protecao-covid-19-coronavirus-maceio-alagoas

Foto: Felipe Brasil

Presidente da associação citou nova onda de casos de Covid na Europa, que relaxou medidas de prevenção, e lembrou que pandemia ainda não acabou.

A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) pediu para que os prefeitos tenham cautela e prudência antes de planejar festas para o carnaval 2022 por causa da pandemia da Covid. Os números apontam para uma estabilidade no estado, mas, segundo cientistas e infectologistas, não é hora para relaxar os cuidados de prevenção ao contágio, como uso da máscara e distanciamento.

O presidente da AMA, prefeito Hugo Wanderley, fez um pronunciamento em que demonstra preocupação com a possibilidade de uma nova onda da doença no Brasil, especialmente em Alagoas, após o relaxamento de medidas de prevenção.

“Quanto à realização das festividades carnavalescas, recomendamos prudência aos gestores. A pandemia ainda não acabou, nós estamos acompanhando dados técnicos. Outros países já enfrentam mais uma onda de Covid. Claro, com a vacinação ainda avançando, nós temos que avançar ainda mais no nosso país, continuar acompanhando a evolução dos dados, dos números e respeitar as medidas que estão sendo recomendadas pelos cientistas. Vamos aguardar, nos aprofundar, para que a gente possa nesses próximos dias dar um parecer final se é seguro ou não realizar festas carnavalescas nos municípios alagoanos”, disse Wanderley.

Desde o início da pandemia, 241.339 casos de infecção pelo coronavírus já foram confirmados no estado. Destes, 6.338 pessoas morreram.

Quanto à vacinação, Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Maceió, o município chegou em novembro com 70,3% da população adulta totalmente vacinada contra a Covid. 4.183.524 doses da vacina foram aplicadas em Alagoas, o que corresponde a 69,05% da população adulta com o esquema vacinal completo.

* G1-AL

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter