Anadia/AL

27 de janeiro de 2022

Anadia/AL, 27 de janeiro de 2022

Com mandato ameaçado, Boris Johnson pede desculpas por participar de festa durante lockdown

Por GyanCarlo

Em 13 de janeiro de 2022

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
v

Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson 16/12/2021 REUTERS/Dylan Martinez (Foto: DYLAN MARTINEZ)

Oposição exige renúncia do primeiro-ministro britânico

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, ofereceu suas “sinceras desculpas” nesta quarta-feira (12) por participar de uma festa em sua residência oficial durante o primeiro lockdown no país para combater o coronavírus, enquanto a oposição exige sua renúncia.

Johnson admitiu pela primeira vez que participou da festa em Downing Street no dia 20 de maio de 2020, quando as reuniões sociais estavam limitadas, e disse que entende a raiva que as revelações causaram.

“Sei a raiva que eles sentem de mim em relação ao governo que lidero quando pensam que em Downing Street as regras não estão sendo seguidas adequadamente pelas pessoas que as fazem”, disse Johnson ao Parlamento.

“Entrei naquele jardim logo depois das seis do dia 20 de maio de 2020 para agradecer a grupos de funcionários antes de voltar ao meu escritório, 25 minutos depois, para continuar trabalhando”, disse ele. “Pensando bem, eu deveria ter mandado todos de volta para dentro.”

“A festa acabou, primeiro-ministro”, disse Starmer ao premiê.

Diversas pessoas, incluindo alguns parlamentares, falaram sobre como não puderam estar ao lado de seus entes queridos antes de suas mortes em maio de 2020, em contraste com os eventos em Downing Street.

Fonte: Brasil 247

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter