Anadia/AL

17 de maio de 2022

Anadia/AL, 17 de maio de 2022

Militar da Guarda Nacional da Ucrânia é preso após matar 5 pessoas, segundo autoridades

Por GyanCarlo

Em 27 de janeiro de 2022

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
vv

(Foto: Sputnik/Stringer)

"As causas e circunstâncias do incidente estão sendo apuradas. Os militares feridos estão recebendo tratamento médico", afirmou a Guarda Nacional

Um militar da Guarda Nacional da Ucrânia abriu fogo contra seus colegas na empresa de mísseis Yuzhmash em Dniepre, deixando cinco pessoas mortas, informou o Ministério do Interior do país.

Anteriormente, o Ministério do Interior ucraniano informou que um militar da Guarda Nacional abriu fogo de uma arma Kalashnikov contra seus colegas dentro da empresa Yuzhmash em Dniepre, matando cinco pessoas e ferindo outras cinco. O militar conseguiu escapar armado.

“No momento, a área foi isolada e está sendo patrulhada […] As causas e circunstâncias do incidente estão sendo apuradas. Uma investigação foi iniciada. […] Os militares feridos estão recebendo tratamento médico”, afirmou a Guarda Nacional.

De acordo com a assessoria de imprensa, após o alerta, as autoridades de Dniepre, juntamente de uma equipe de investigação, peritos criminalistas e outros serviços partiram para o local do crime.

Segundo a mídia local, foi detido o militar da Guarda Nacional que disparou contra os colegas.

“No momento, cinco pessoas morreram, incluindo uma mulher. Outras cinco pessoas ficaram feridas […] O militar da Guarda Nacional Artyom Ryabchuk acabou de ser preso na região de Dniepre. Ele vai responder estritamente de acordo com a lei”, informou o Ministério do Interior da Ucrânia.

Após a investigação das causas e circunstâncias do incidente, os envolvidos serão responsabilizados.

Uma operação foi iniciada em Dniepre e nas regiões próximas em busca do suspeito, que escapou armado após abrir fogo na empresa.

Fonte: Brasil 247

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter