Anadia/AL

17 de maio de 2022

Anadia/AL, 17 de maio de 2022

PP: investigação aponta envio de R$ 2 bilhões via orçamento secreto

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 13 de maio de 2022

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
16445423926205b9b862efb-1644542392-3x2-md

Em média, os filiados do PP ganharam mais R$ 42,340 milhões para apadrinhar no mesmo período (R$ 21,170 milhões por ano). - Foto: Marina Ramos | Câmara dos Deputados

O dispositivo tem sido usado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) principalmente com o objetivo de negociar apoio de políticos do Centrão | 17:12

Deputados e senadores do Progressistas (PP), partido do presidente da Câmara, Arhur Lira (AL), e do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PI), apadrinharam ao menos R$ 2.074.706.936,35 em emendas de relator (RP9), do chamado orçamento secreto, isso de acordo com um levantamento realizado pelo portal de comunicação Metrópoles.

Ainda de acordo com as informações do material divulgado nesta sexta-feira (13), o orçamento secreto multiplicou o total de verbas a que cada parlamentar têm direito. Deputados e senadores poderiam destinar R$ 15,940 milhões e R$ 16,279 milhões por meio de emendas individuais em 2020 e 2021, respectivamente. Em média, os filiados do PP ganharam mais R$ 42,340 milhões para apadrinhar no mesmo período (R$ 21,170 milhões por ano).

A Corte recebeu respostas de 340 deputados federais e 64 senadores (68% do total). Entre os parlamentares filiados ao PP, 14 deputados não enviaram respostas à Suprema Corte.

Com base nos ofícios enviados ao Metrópoles, a senadora Eliane Nogueira, do PP do Piauí, acumulou os maiores valores dentro do partido, com R$ 399 milhões. A mãe do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, tomou posse quando seu filho licenciou-se para assumir o novo cargo. Logo após, vem o presidente da Câmara, Arthur Lira, deputado por Alagoas, com R$ 357 milhões. Em terceiro lugar, está senador Elmano Férrer, também eleito pelo Piauí, que acumula R$ 124,3 milhões.

Na tentativa de se comunicar com os três parlamentares que mais destinaram verba do orçamento secreto, o Metrópoles procurou as assessorias, mas apenas o senador Elmano Férrer retornou até a publicação desta reportagem.

“Os recursos, previstos no Orçamento Geral da União, são destinados à melhoria de infraestrutura, saúde e educação de municípios piauienses. As indicações estão em andamento e são exclusivamente para o benefício do estado”, afirmou Férrer.

Fonte: Jornal de Alagoas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter