Anadia/AL

1 de julho de 2022

Anadia/AL, 1 de julho de 2022

Trecho da BR 101 Sul, interditado há 11 meses, deve ser liberado esta semana após últimos reparos

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 17 de maio de 2022

cats 1

Trecho da Rodovia BR 101 Sul deverá ser liberado na manhã desta terça-feira , 17 - Foto: Reprodução

A rodovia foi interditada em junho de 2021 devido às chuvas que caíram na região e provocaram erosão do solo obstruindo parte da pista - 05:26

O trecho da BR 101 Sul, que estava interditado desde junho de 2021, no município de São Miguel dos Campos, será liberado após os últimos reparos serem concluídos ainda nesta segunda-feira (16).

De acordo com funcionários da empresa responsável pela obra, a liberação para o tráfego de veículos irá ocorrer na manhã de terça-feira (17), assim que os operários finalizarem os últimos reparos.

Desvios

Assim que ocorreu a interrupção, o DNIT divulgou que a rota para os veículos pesados seria por meio da BR 316, da AL 110 e em seguida retornando à BR 101 em São Sebastião, sentido norte-sul, e o inverso no sentido sul-norte. E para veículos leves, o desvio estava sendo feito por meio das vias urbanas da cidade de São Miguel dos Campos.

Interdição

O trecho foi recuperado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), com trabalhos dia e noite para solucionar uma erosão causada pelas chuvas na BR 101, em Alagoas.

Desde a interrupção do tráfego no trecho, em junho de 2021, as equipes do DNIT foram mobilizadas e trataram a obra como prioritária. A previsão é de que ainda nesta terça-feira o tráfego seja restabelecido de forma segura.

Serviços

Foto: Divlgação/DNIT

De imediato após a ocorrência, já foram tomadas as primeiras providências: as equipes informaram os desvios para usuários da rodovia e fizeram a execução de dispositivos de drenagem para desviar as águas pluviais que, devido à topografia local, se destinavam à erosão, evitando o agravamento da situação.

Em sequência, foram iniciados serviços preliminares da obra como limpeza e remoção de material solto proveniente do deslizamento do maciço. Como o período chuvoso no último ano se estendeu mais do que a média dos anos anteriores, foi necessário, na época, adiar serviços essenciais que fazem parte da solução de engenharia para a recomposição da estrada.

Assim que as chuvas diminuíram e as equipes avaliaram ser seguro e eficaz a continuação das obras, foi iniciada a execução dos caminhos de serviço e em seguida o lançamento de material pétreo, bem como a execução dos drenos – serviços que compõem a solução técnica definitiva para restabelecer o tráfego no trecho.

* 7 Segundos