Anadia/AL

1 de julho de 2022

Anadia/AL, 1 de julho de 2022

Rússia avança no leste da Ucrânia no dia do aniversário da invasão nazista na União Soviética

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 22 de junho de 2022

hy

(Foto: Alexander Ermochenko/Reuters)

22 de junho é uma data significativa na Rússia, quando as forças da Alemanha nazista de Hitler invadiram a União Soviética na Segunda Guerra Mundial. 13:48

As forças ucranianas e russas combatem no leste da Ucrânia nesta quarta-feira (22), uma data em que em 1941 ambos os países marcam o aniversário da invasão da União Soviética por Hitler em 1941.

Os combates na operação militar russa que se iniciou em 24 de fevereiro favoreceram a Rússia nas últimas semanas por causa de sua enorme vantagem no poder de fogo de artilharia, fato que o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskiy reconheceu em um discurso na terça-feira.

Zelensky afirmou que Lughansk é o  “ponto mais difícil”.

As províncias de Lugansk e Donetsk formam a região conhecida como Donbass, onde separatistas apoiados pela Rússia lutam contra as forças ucranianas desde 2014, após a anexação da Crimeia da Ucrânia pela Rússia.

O presidente ucraniano reafirmou a vontade de ingresso na União Europeia (UE) e de obter mais armas das potências ocidentais. “E tão ativamente quanto lutamos por uma decisão positiva da União Europeia sobre o status de candidato da Ucrânia, também lutamos todos os dias por armamento moderno para nosso país. Não desistimos por um único dia”, disse Zelenskiy. exortando as potências ocidentais aliadas da Ucrânia a acelerar as entregas de armas.

Em uma decisão simbólica, a Ucrânia deve se tornar um candidato oficial à adesão à União Europeia na quinta-feira, disseram diplomatas da UE.

22 de junho é uma data significativa na Rússia, quando as forças da Alemanha nazista de Hitler invadiram a União Soviética na Segunda Guerra Mundial. Também é comemorado na Ucrânia e na vizinha Bielorrússia, então parte da União Soviética. A guerra durou 1.418 dias a partir de 22 de junho de 1941, e os historiadores estimam que cerca de 27 milhões de soldados e civis soviéticos foram mortos.

O presidente russo, Vladimir Putin, que lançou o que chama de “operação militar especial” na Ucrânia para erradicar os nazistas, deve colocar flores em um monumento para homenagear os mortos.

O governo ucraniano e seus apoiadores ocidentais dizem que Putin usou um falso pretexto para travar uma guerra de agressão não provocada contra seu vizinho.

Para marcar o aniversário, o Ministério da Defesa russo divulgou na quarta-feira documentos que datam do início da Segunda Guerra Mundial, mostrando que a Alemanha pretendia alegar que o exército soviético estava bombardeando igrejas e cemitérios para justificar sua invasão.

“Assim como hoje, em 1941, os nazistas prepararam provocações com antecedência para desacreditar nosso Estado”, disse o Ministério da Defesa da Rússia, segundo informações da Reuters.

Forças russas no leste da Ucrânia fizeram progrediram na terça-feira, avançando em direção à cidade de Lysychansk, principal bastião das forças ucranianas no Donbass.

As tropas ucranianas – e cerca de 500 civis escondidos no interior de uma fábrica de produtos químicos, supostamente ainda estão resistindo na cidade de Sievierodonetsk, na margem leste.

Os ataques russos aumentaram também na região de Kharkiv, no nordeste, com pelo menos 15 civis mortos por bombardeios russos.

Fonte: Brasil 247