Anadia/AL

17 de agosto de 2022

Anadia/AL, 17 de agosto de 2022

Taiwan afirma que 27 aviões chineses entraram na zona de defesa aérea da ilha

Por GyanCarlo

Em 3 de agosto de 2022

lulululululul

Presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, e os presidentes Tsai Ing-Wen (Taiwan) e Xi Jinping (China) (Foto: Reuters)

A informação abre um novo foco de conflitos no continente asiático, onde a presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, faz uma viagem. - 21:04

O Ministério da Defesa de Taiwan afirmou nesta quarta-feira (3) que 27 aeronaves chinesas entraram em sua zona de defesa aérea. “[Os 27 aviões da Força Aérea da China] entraram, hoje, 3 de agosto de 2022, na zona circundante [Zona de Identificação de Defesa Aérea, mais vasta do que o espaço aéreo]”, escreveu o ministério no Twitter.

A presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, iniciou, no dia 31 de julho, uma viagem à Ásia e chegou a Taiwan na manhã dessa terça-feira (2), abrindo nova crise entre China e EUA, que disputam o controle da ilha.

Com cerca de 24 milhões atualmente, Taiwan foi controlada pela China antes do século 18, mas, em 1895, no século 19, foi entregue ao Japão após uma derrota chinesa na primeira guerra sino-japonesa. Os chineses retomaram o controle da ilha em 1945. Entenda as razões da questão de Taiwan clicando aqui.

Nessa terça, o governo chinês afirmou que “todas as consequências decorrentes devem ser responsáveis pelos Estados Unidos e pelas forças secessionistas da ‘independência de Taiwan'”, localizada a menos de 200 quilômetros da China continental.

A presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, disse nesta quarta que os EUA “não abandonaremos” Taiwan.

Fonte: Brasil 247