Anadia/AL

17 de agosto de 2022

Anadia/AL, 17 de agosto de 2022

Fugitivo do Presídio do Agreste morre em troca de tiros com policiais em Alagoas

Por GyanCarlo

Em 4 de agosto de 2022

OOP

(Foto: Divulgação)

Quatro reeducandos já foram recapturados e sete continuam foragidos. - 15:15

Claudemir da Silva, um dos doze fugitivos do Presídio do Agreste, morreu numa troca de tiros com as forças de segurança do Estado nesta quinta-feira, 4. Quatro reeducandos já foram recapturados e sete continuam foragidos.

Segundo informações passadas à reportagem, o criminoso teria reagido à investida dos policiais durante a operação desencadeada às 5h30 da manhã e atirado contra as equipes de segurança. Em revide, os agentes atingiram Claudemir a tiros. Ele ainda foi socorrido com vida, porém não resistiu aos ferimentos.

Natural de Maceió, Claudemir da Silva tinha 29 anos e cumpria pena desde o ano de 2018 por homicídio e roubo qualificado.

Recaptura de quatro criminosos – Mais cedo, a Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) divulgou que quatro reeducandos foram recapturados na cidade de Major Izidoro. Foram eles: Alison Miranda da Silva, José Sebastião Vicente da Silva, Lucival da Conceição Bezerra Lima e José Rendrikson Barbosa Vilar.

O diretor do Presídio do Agreste, Rodrigo de Lima e Silva, comunicou que os reeducandos recapturados vão voltar para a unidade de Girau do Ponciano. Seguem foragidos os detentos Luan Alberto Araújo Ferreira, José de Lima Martins, João Paulo Santos Silva, Jaelson Cândido da Silva, Henrique Alvino dos Santos, Ewerton Soares Cordeiro, e Adilton Franca da Silva.

A fuga – Os doze detentos que fugiram do Presídio do Agreste, no município de Girau do Ponciano, serraram as grades da cela e depois passaram por duas áreas de telas com arame farpado no complexo de segurança. 

Eles teriam envolvimento com facções criminosas, porém a informação não foi confirmada pela Seris. Seis deles cumpriam pena por homicídio, enquanto os outros seis têm ligação com tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Os nomes dos detentos foram divulgados. São eles: Lucival da Conceição Bezerra Lima, Luan Alberto Araújo Ferreira, José Sebastião Vicente da Silva, José Rendrikson Barbosa Vilar, José de Lima Martins, João Paulo Santos Silva, Jaelson Cândido da Silva, Henrique Alvino dos Santos, Ewerton Soares Cordeiro, Claudemir da Silva, Alison Miranda da Silva, e Adilton Franca da Silva.

Fonte: TNH1