Anadia/AL

17 de agosto de 2022

Anadia/AL, 17 de agosto de 2022

Moraes nega pedido da PGR de arquivamento de inquérito contra Bolsonaro por vazar dados sigilosos da PF

Por GyanCarlo

Em 5 de agosto de 2022

vv2

(Foto: STF)

Chefe do Executivo havia revelado informações sigilosas sobre investigação da PF acerca de um ataque hacker ao TSE em 2018 para descredibilizar urnas eletrônicas | 22:56

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido da vice-procuradora geral da República, Lindôra Araújo, para arquivar o inquérito contra Jair Bolsonaro (PL) relacionado a um suposto vazamento de dados sigilosos da Polícia Federal (PF) em 2021. A informação é do portal CNN Brasil.

A investigação sobre o vazamento teve início após Bolsonaro conceder uma entrevista, em 4 de agosto de 2021, onde fez uso das informações sigilosas de um inquérito da PF sobre um ataque hacker ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2018. O chefe do Executivo levantou esse caso para, mais uma vez, fomentar uma narrativa golpista de ataque às urnas eletrônicas.

Recentemente, a vice-PGR havia pedido para arquivar o caso, mas, agora, com a decisão de Moraes, as investigações contra Bolsonaro seguem de pé.

*Brasil 247