Anadia/AL

17 de agosto de 2022

Anadia/AL, 17 de agosto de 2022

Produtos da agricultura vão integrar refeições do Sistema Prisional de AL

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 5 de agosto de 2022

cafe-da-manha-seris

Café da manhã foi realizado no Sebrae Alagoas - Foto: BCCOM Comunicação

Lista dos itens adquiridos atualmente pela Seris também foi apresentada às cooperativas - 18:07

As cooperativas da agricultura familiar vinculadas à Unicafes Alagoas receberam a equipe de gestão da Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social ( SERIS) nesta sexta-feira (5), em um café da manhã no Sebrae Alagoas, para apresentar os produtos que poderão integrar o plano de nutrição dos presídios de Maceió e de Arapiraca. Na oportunidade, nutricionistas e o secretário da SERIS Marcos Rogério, puderam degustar que poderão integrar a próxima chamada pública do órgão.

A lista dos itens adquiridos atualmente pela Seris também foi apresentada às cooperativas com objetivo de apontar os produtos disponíveis e até promover a inclusão de novos produtos, a exemplo dos itens da ovinocraprinocultura e estabelecer as trocas da margarina pela manteiga e do achocolatado pela bebida láctea.

O coronel Marcos Sergio, titular da Pasta, reafirmou o empenho do governo de Alagoas em fomentar o segmento, confirmando a formulação do edital que vai reger a chamada pública para o segmento. Segundo ele, uma nova reunião será marcada para a construção conjunta do edital. “Uma futura parceria muito interessante, cumprindo uma orientação do governador Paulo Dantas em fortalecer a economia local. São quase 12 mil vidas que precisam se uma assistência alimentar pontual, de qualidade. Uma ação que também faz parte desse caminho do desenvolvimento do Estado. Pudemos atestar a qualidade dos produtos e conversar um pouco sobre a pontualidade que o serviço demanda, além de receber sugestões de novos produtos”, pontuou o coronel.

Atualmente as cooperativas da agricultura contam com quase 100 produtos, entre processados e in natura, que já participam de mercado institucional dos municípios. A produção vai de frutas e hortaliças aos bolos, bebidas lácteas e arroz.

“Por intermédio da Unicafes, mais uma porta está prestes a se abrir, concretizando mais uma espaço comercial para ao agricultores familiares que ainda amargam com a baixa participação no mercado. Estamos diante de mais um desafio, após a confirmação que vai ser aberta a chamada para o sistema Prisional, sempre crescendo em experiência e aumentando nossos produtos”, destacou a vice-presidente da Unicafes Alagoas, Maria José Alves.

De acordo com a SERIS, o sistema Prisional possui uma das maiores demandas do Estado, atendendo a quase 12 mil pessoas, com mais de 13 mil refeições . Mesmo diante do potencial local para o fornecimento dos alimentos que integram o mix da agricultura, atualmente o Sistema é abastecido por produtos vindos de outros estados, a exemplo do queijo importado da Paraíba por meio da compras através das licitações.

Para a nutricionista Ana Paula dos Anjos, coordenadora do setor de nutrição, o serviço deverá melhorar ainda mais a assistência com a chegada dos itens da agricultura familiar. “A expectativa é muito grande em virtude da gama de produtos das cooperativas que puderam ser apreciados durante o evento. Temos um consumo imenso diariamente, e vimos que muita coisa apresentada aqui se encaixam na nossa lista. Trabalhamos com itens alimentares para mais de 13 mil pessoas, produtos que precisam de qualidade, o que já temos comprovadamente na agricultura familiar. Estamos felizes em poder reforçar a valorização deste segmento”, ressaltou a coordenadora.

* Jornal de Alagoas