Anadia/AL

28 de fevereiro de 2024

Anadia/AL, 28 de fevereiro de 2024

Gustavo Feijó é cotado para assumir CBF após afastamento de Ednaldo Rodrigues

Justiça anulou eleição e tirou Ednaldo da presidência | 08:42 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 8 de dezembro de 2023

v1

Foto: Divulgação

Após a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que desvinculou Ednaldo Rodrigues do cargo de presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o nome de Gustavo Feijó desponta como um dos principais candidatos a assumir a presidência da entidade. Esta reviravolta foi impulsionada pela atuação de Feijó, que se tornou um dos principais articuladores da saída de Rodrigues.

Na possibilidade de uma nova eleição dentro de 30 dias, Feijó surge como um nome forte, em grande parte devido ao histórico da última eleição. A influência e o apoio do ex-presidente Marco Polo Del Nero, banido do futebol pela Fifa em 2018 por envolvimento em casos de suborno e corrupção, têm sido elementos importantes para a ascendência de Feijó nesse contexto.

Del Nero, aliado e cabo eleitoral de Feijó, permanece ativo na busca pela mudança na presidência da CBF. Feijó, por sua vez, nutre a esperança de alcançar o cargo máximo da entidade, mantendo-se firme nos bastidores e consolidando seu papel na complexa estrutura da cartolagem do futebol brasileiro.

A decisão judicial que afastou Ednaldo Rodrigues do cargo é fruto da intensa disputa política que acontece na entidade. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro anulou uma série de assembleias da CBF, invalidando assim a eleição que colocou Rodrigues na presidência. Com isso, abrindo espaço para a realização de novas eleições no prazo estabelecido.

A decisão da 21ª Câmara de Direito Privado determina que José Perdiz, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, assuma interinamente a presidência da entidade, com a responsabilidade de convocar novas eleições em até 30 dias.

*Redação com o Jornal Extra

Galeria de Imagens