Anadia/AL

15 de abril de 2024

Anadia/AL, 15 de abril de 2024

PT perde vereador de mandato em Maceió: Valmir ‘deixa’ o partido

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 30 de março de 2024

images-45

Dr. Valmir - Foto: Reprodução

Por Edivaldo Júnior

Os movimentos partidários prometem se intensificar nos últimos dias da “janela” partidária. As filiações seguem até 5 de abril para quem tem mandato e até o dia 6 para todos os outros pré-candidatos a vereador que pretendem disputar as eleições deste ano.

Em Maceió, nenhuma chapa de vereador está fechada. Nenhuma. Nem mesmo a do PL, que tem 11 vereadores de mandato.

Existem movimentos claros para que o presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Maceió, Galba Netto, se filie ao partido do prefeito JHC, e essa filiação deve ser confirmada nos próximos dias. O PL teria recebido, como reforço confirmado, nesta sexta-feira (29/03), a filiação de João Tigre, que seria candidato pelo PDT.

A chapa do PSD de Rui Palmeira, após alguns movimentos de idas e vindas, estaria consolidada para fazer um. Mas por lá, a disputa será intensa, pois a expectativa é que eleito, Rui assuma uma Secretaria, abrindo vaga para o suplente.

A chapa da Federação Brasil (PT, PV e PCdoB) também enfrenta muita instabilidade depois da filiação por ‘gravidade’ (de cima para baixo) de Teca Nelma (ex-PSD) ao partido, na semana passada.

Com a entrada da neopetista, o PT deve perder (ou já perdeu) o Dr. Valmir, petista histórico, que até a semana passada era o único parlamentar com mandato da legenda em Maceió. Valmir tem conversado com legendas do grupo do governador Paulo Dantas em busca de uma sigla com a qual tenha alguma identidade ideológica para se filiar.

A informação, confirmada por uma fonte confiável, é que Valmir já definiu sua filiação ao PSB e terá o “aval”, nessa troca, do vice-presidente Geraldo Alckmin. A confirmação desse movimento pode “abrir a porteira” na chapa da Federação Brasil, mas no momento, a única saída seria a do Dr. Valmir.

As “emoções” seguem em outras frentes. No momento, as pressões se intensificaram na composição do PP em Maceió. O partido estaria prestes a ganhar mais dois a três nomes competitivos, incluindo a irmã de um deputado federal e uma vereadora de mandato.

Já o Podemos, de Rodrigo Cunha, estaria com uma chapa pronta, mas isso implicaria no desmonte de um grupo de candidatos a vereador quer iria para o PSDB.

A “pressão” segue, prometendo surpresas, reviravoltas e “traições” na composição de várias chapas. A conferir.

Redação com Jornal de Alagoas

Galeria de Imagens